Sem Título

O Raspberry Pi já é um computador com nome e peso no mercado dos mini computadores e parece que desta vez fez com que outra grande empresa do mundo informático se rendesse há sua qualidade.

Pois é, a pequena placa de desenvolvimento que é a Raspberry Pi lançou um novo modelo com um processador ARMv7 que veio encher o vazio que esta pequena placa tinha.

   

Quando comprei a minha Raspberry Pi B+ andei a ver maneiras de executar o Windows mas por limitações do hardware percebi que não ia ser possível e acabei por me render ao magnifico mundo que são os sistemas operativos Linux. Mas agora com a pequena modificação feita na arquitetura do processador e o aumento da memoria RAM para 1GB a Raspberry Pi conseguiu atrair a Microsoft que irá disponibilizar o sistema operativo Windows 10 gratuitamente para a comunidade do desenvolvimento informático.

Podes juntar-te ao programa de desenvolvimento da Microsoft através do seu site.

Embora a grande surpresa seja mesmo a chegada do Windows os sistemas operativos Linux que são e sempre foram o sistema operativo predilecto deste tipo de placas e não ficaram parados no tempo, e é pelas mãos do Ubuntu que vamos receber o Snappy Ubuntu Core.

Este sistema ubuntu vai apoiar o desenvolvimento de aplicações e a sua partilha através da loja Snapp.

Achas que estes dois sistemas são uma boa aposta para a Raspberry ou apenas mais dois?

 
Talvez queiras ver:

Queremos saber a tua opinião sobre este assunto por isso fica livre de comentar abaixo. Clica aqui para saberes como ajudar a 4GNews!

Nós e os nossos meios de comunicação!