Queres ficar nos Estados Unidos? Cuidado com o que publicas nas redes sociais

António Guimarães
Comentar

Quem quiser um visto para qualquer atividade nos EUA, terá de informar os nomes de utilizador das suas redes sociais dos últimos 5 anos. As principais serão o Facebook e Twitter mas os potenciais imigrantes podem optar por ceder mais.

Esta medida foi proposta há cerca de 1 pelo governo americano ano com o intuito de filtrar imigrantes de forma mais detalhada. Anteriormente, este tipo de investigação extra estava reservada apenas para pessoas que tivessem viajado em zonas de actividade terrorista.

Além das redes sociais, mais informações serão pedidas

Imigrantes vão ter de informar os seus endereços de e-mail e números de telemóvel. Este mandato requer ainda que sejam feitas questões sobre as viagens prévias dos imigrantes, se já foram deportados ou se tem familiares associados com actividades terroristas. Cerca de 15 milhões de pretendentes ao visto serão afetados com esta mudança.

As redes sociais tem vindo a ser objetivo de escrutínio pela segurança interna americana

Previamente a este mandato, o Departamento de Segurança Interna dos EUA passou a incluir as redes sociais nos registos oficiais de imigrantes. Contudo, esta inclusão serviu para registo apenas e não influenciava diretamente a entrada de imigrantes no país.

Com a informação extra das redes sociais, o governo americano espera poder perceber as intenções de potenciais criminosos ou terroristas. Queiramos ou não, a internet tem uma grande influência.

As pessoas discutem as suas ideologias através da internet seja por mensagem pessoal ou por grupos de Facebook. Nesse sentido, uma verificação das redes sociais pode ajudar a determinar se um indivíduo é extremista com potencial de cometer crimes de ódio.

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.