qualcommchargesA União Europeia regula várias áreas. Uma delas é a lei da concorrência, cuja Qualcomm pelos vistos infringiu. Por norma, essa lei existe para controlar o mercado por parte das grandes empresas de forma a evitar monopólios e concorrência desleal. A Microsoft também já esteve sob pressão e, mais recentemente, a Google.

Agora a Qualcomm está a encarar supostas acusações de suborno e outras práticas desleais. A Comissão Europeia acredita que a Qualcomm é culpada de pagar grandes somas de dinheiro a um cliente anónimo, como forma de convencer esse mesmo cliente a utilizar os seus chipsets. Juntando-se a isso estão acusações da Qualcomm ter vendido os seus chips abaixo do preço de mercado para levar à falência a concorrente europeia Icera, que desde então foi comprada pela Nvidia.

Pelo que sabemos, a Qualcomm tem até abril para responder a estas acusações e, caso se venham a revelar verdade, pode significar multas chorudas e muita má publicidade para a fabricante dos famosos processadores Snapdragon (ironicamente esta situação surge mesmo no meio da antecipação em relação ao Snapdragon 820). Diz-nos o que achas disto nos comentários!

   

Talvez queiras ver:

😉