Qualcomm apresenta Snapdragon 810 já disponível para equipamentos de desenvolvedores

Filipe Alves

qualcomm

A Qualcomm ficou muito conhecida quando começou a atacar o sector móvel, destronando tudo que era concorrência! Embora nos dias de hoje as coisas sejam diferentes e temos várias empresas que fornecem processadores de qualidade, como a Exynos da Samsung e a MediaTek, quando vemos um Snapdragon num smartphone sabemos que este terá qualidade.

A Qualcomm anunciou que o Snapdragon 810 estaria disponível para equipamentos de developers da Qualcomm. Este processador está preparado para construção em 64-bit e é acompanhado com um Adreno 430 de Gráfica.

Relativamente aos equipamentos, vemos um smartphone com ecrã QHD 6.2"polegadas com 490 ppi. O mais interessante ronda no seu interior onde não só acompanhado com o mais recente processador Qualcomm o Snapdragon 810, como vem ainda com 4GB de RAM e 32 de memória interna. Completam-se as especificações com uma câmara de 13 MPx, uma frontal de 5MPx e uma bateria de 3,020 mAh.

qualcomm2

A tablet vem com ecrã de 10.1" polegadas com 3840x2160 e uma monstruosa bateria de 7,560 com um hardware idêntico ao smartphone.

Os valores rondarão os 799$ pelo smartphone e $999 pela tablet, mas apenas terá acesso a aos equipamentos developers aprovados pela Qualcomm, por isso será quase impossível por as mãos nestes "bad boys".

Esperemos que este processador Snapdragon 810 traga a evolução que precisamos para os nossos smartphones com uma qualidade superior e ás vezes impossível de imaginar!

Talvez queiras ver:

Queres ser o MAIOR??? Então informa-tem em como o ser aqui, deixa a tua opinião nos comentários, um Like na página do Facebook e Subscreve o canal no Youtube .

Aplicação para Android 4Gnews.pt

Windows Phone 4Gnews.pt 8 e 8.1

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.