Publicidades da Apple falam da segurança e da reciclagem do iPhone (vídeos)

Filipe Alves
Comentar

A Apple é uma das empresas que mais dá enfase à segurança. Ainda que os outros fabricantes refiram que os seus smartphones são seguros, a Apple faz disso publicidade.

Ou seja, o foco do iPhone deixou de ser o "quão potente ele é" para o "quão seguro ele é". Numa altura onde vemos malwares em todo o lado e Donald Trump a dizer que alguns fabricantes chineses nos querem espiar, a Apple está a pegar nestes problemas para publicitar os seus produtos.

iMessage, seguro e encriptado

O iMessage não é a única aplicação de mensagens encriptada ponta-a-ponta. Apps como o WhatsApp ou até o Facebook Messenger (em conversa privada) contam com esta tecnologia. Ainda assim, a Apple quer reforçar a ideia na sua nova publicidade que podes ver abaixo.

App Store sem Apps com malware

Outro dos focos da empresa de Tim Cook é a segurança na Apple App Store. A loja de aplicações de iPhone e iPad conta com uma segurança que gostava de ver no Android. Ainda que não seja impossível de instalares aplicações com malware, a verdade é que no processo de lançamento de Apps na loja, a Apple tem um rigor mais sério do que a Google.

Por fim, a empresa da maçã trincada fala ainda do seu processo de reciclagem do iPhone. Todos os smartphones contam com materiais preciosos que não devem ser descartados. Assim sendo, a Apple tem vindo ao longo dos anos a desfazer os iPhones antigos de forma a reciclar peças para os novos equipamentos. Uma medida importante no mundo onde vivemos neste momento.

Apple dá destaque à reciclagem dos iPhones

Estas são as novas publicidades da Apple que deverão passar nas televisões dos EUA e do Reino Unido. Em Portugal a empresa não investe assim tanto em publicidade e certamente por isso o nosso mercado é dominado pelo sistema Android. De referir ainda que a nossa realidade económica não é tão favorável quanto outros países.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.