Opinião tecnológica 4gnews

Vou-vos contar uma história de um blog de tecnologia que tenta incansavelmente fazer a diferença e elucidar o público no mercado de língua portuguesa. Certamente ao leres este artigo, sabes que me refiro à 4gnews e à nossa vontade vanguardista e independente de fazer a diferença.

Neste artigo vais perceber um pouco do que se passa no background da 4gnews.

   

Há informações que são ocultas ao público, uma gradual distorção da verdade que é mascarada de positivismo. O positivismo vende, muito bem! Mas não é algo que nos caracteriza e nos define na 4gnews.

Longe de mim referir que a 4gnews é perfeita! Temos muito a evoluir e gostamos seriamente do vosso feedback para melhorar o nosso conteúdo e encontrar novas formas de trazer a informação tecnológica ao teu ecrã. Somos humanos, erramos e queremos sempre o vosso feedback. Sem eliminar comentários, afinal de contas existe a liberdade de expressão!

Mas afinal o que se passa por trás de um site tecnológico?

Levantamo-nos todos os dias e tiramos um café forte, sentamo-nos em frente ao computador para que fiques informado na língua de Camões. Gostamos, para além de reportar os acontecimentos, manifestar a nossa opinião sobre os demais assuntos. Equilibrar informação e opinião não é fácil. Temos artigos meramente expositivos e artigos claramente opinativos. Alguns com um pouco de ambos.

Então porque é que sinto que é proibido ter uma opinião tecnológica em 2017?

Quando fazemos uma review / análise, olhamos atentamente para um produto e apresentamos sempre as vantagens e desvantagens dos equipamentos que analisamos sob a forma de um vídeo ou artigo mais opinativo. O único problema é que sempre que o fazemos, somos castigados por tal.

Quando fizemos a review ao iPhone 7 e iPhone 7 Plus fomos acusados de ser um Apple hater se e que se não gostava do smartphone que não devia ter comprado e manter-me calado seria o melhor remédio!

Quando fizemos a review / análise contestada ao Xiaomi Redmi Note 4X, onde analisamos as fragilidades da ROM do smartphone, fomos acusados de ser haters da Xiaomi e de outras marcas nos pagarem para falar mal do produto.

E agora quando escrevemos um artigo “5 razões para não comprar um OnePlus” (aliás já podes ver 5 razões para comprar o OnePlus 5) fomos acusados de ser haters da marca e só escrevemos este artigo porque “a OnePlus não nos deu um terminal para review / opinião”. Muito francamente, estamos tranquilos face a essa situação, os RP da OnePlus já anotaram o nosso pedido que deverá em breve ser concluído.

Já que o dinheiro é um assunto que foi tocado, vamos falar sobre patrocínios e artigos patrocinados. 

A 4gnews, tal como todos os outros sites que se debruçam sobre a tecnologia, vive de uma coisa, publicidade. Bem, na verdade praticamente todos os sites o fazem. Abre um site de um media mainstream e encontrarás diversas publicidades. Na 4gnews tentamos pagar o máximo possível aos contribuidores, de forma a que seja um hobby lucrativo a quem dedica pelo menos parte do seu tempo a escrever para vocês.

As publicidades não intrusivas estão espalhadas pelo site, a Taboola está no final dos artigos e a Primetag (banner de publicidade interativa) está normalmente indicada a meio dos artigos com produtos relevantes ao leitor. Tudo isto são fontes de rendimento que nos ajudam com despesas de servidores e pessoal.

Depois temos ainda os artigos patrocinados, é aqui que peço que estejas um pouco mais atento. Em todos os artigos patrocinados terás toda a informação no final do artigo, localizado na fonte, onde refere se é ou não um artigo pago. Caso seja, terás algo a dizer “Fonte: Patrocinada“. Estes são, sempre maioritariamente expositivos. Não encontrarás um artigo de opinião pago. Nem uma análise.

Gostamos de ser claros, honestos e respeitosos para com quem nos segue. Nunca fizemos um artigo patrocinado que não seja diretamente relacionado com os vossos interesses ou que não encaixem com a nossa filosofia. Por isso é que nunca viste um artigo patrocinado de Vaping na 4gnews. Temos um padrão. Preferimos não ganhar dinheiro com algo que não achamos moralmente correto.

Mesmo nesses artigos, é explicito ao patrocinador que “não vamos vender o produto” mas sim escrever sobre ele, vantagens e desvantagens, cabe ao leitor fazer um juízo de valor.

Agora que tiramos os patrocinadores do meio e da forma como ganhamos dinheiro, aconselho-te a veres noutros sites, se encontras ou não este tipo de informação sobre os artigos patrocinados.

Vamos agora falar de opinião e da 4gnews! 

A 4gnews é um blog de notícias e opinião tecnológica. Aqui poderás encontrar artigos noticiosos e de opinião. Todos os colaboradores, autores e editores 4gnews tem liberdade total para escrever a sua opinião. Por isso somos independentes. É a única forma de não cair nas desgraças das grandes corporações. Estamos a crescer, imenso, abordando já novas áreas como filmes, séries, gaming e ainda agora começamos!

Estas opiniões já nos queimaram pontes sérias. Perdemos o contacto com websites outrora patrocinadores que não gostaram da nossa opinião. Certamente já reparaste que não estamos em todas as apresentações. Deixamos de ser convidados para eventos de grandes marcas de renome devido à nossa opinião “sincera” nas reviews ou artigos; e se vires alguma das empresas a partilhar uma das nossas reviews é porque um milagre aconteceu, porquê?

Porque para além de referir as vantagens do produto, também falamos das suas desvantagens e nenhuma marca promoverá uma review ou artigo que mostre fraquezas no seu produto.

“opiniões não faltam e cada um tem a sua!”

Mas nem todas as marcas são assim. No exemplo da OnePlus. Estamos à espera da unidade de review, nesta caso para mim, no Reino Unido. Mesmo depois daquele artigo que tanto abalou a confiança dos fãs da marca. Temos uma relação cordial com os RP da OnePlus do Reino Unido e da Ibéria e sei que ao lerem aquele artigo não ficaram tão chateados como muitos fãs que despejaram a sua raiva nos comentários.

Por isso digo que é proibido ter uma opinião tecnológica em 2017. Se por ventura falamos algo menos vantajoso sobre um produto, tanto temos a marca a cortar-nos as asas como os fãs dessa mesma marca. Criticam-nos por expressar uma opinião fundamentada e lembram-se: “opiniões não faltam e cada um tem a sua!”

O que vos parece mais vantajoso? Opiniões sobre um produto ou serviço ou um “copy paste” das newsletter das empresas onde dizem que é tudo fantástico e do melhor?

Não nos levem a mal se queremos opinar, isso é o nosso trabalho. Sintam-se à vontade de deixar a vossa opinião nos comentários e contradizer, isso é ótimo! Nada melhor do que uma boa discussão para animar o mundo tecnológico, mas não nos condenem simplesmente porque temos uma voz e temos coragem para nos expressar, mesmo que nos traga mais desvantagens do que vantagens.

Exemplos de artigos controversos:

OnePlus 5 – 5 razões para não comprar este Smartphone

Nokia 3 já disponível para compra com um preço simplesmente absurdo!

Um PESADELO chamado Xiaomi Redmi Note 4X – Review