Primeiro avião comercial eléctrico completa voo com sucesso

António Guimarães
Comentar

No Canadá, o serviço de hidroaviões Harbour Air testou o eBeaver, um avião elétrico cuja empresa pretende disponibilizar comercialmente a partir de 2022. O avião foi construído com a MagniX, uma fabricante de motores elétricos australiana. Vê o vídeo.

O voo de teste do eBeaver durou 10 minutos e foi um sucesso. O avião conseguiu sobrevoar o rio Fraser enquanto o CEO da Harbour Air, Greg McDougall, o pilotava. Este é sem dúvida um momento histórico pois tal como os carros, a possibilidade de aviões elétricos comerciais está mais perto da realidade.

O CEO da Magnix, Roei Ganzarski, afirma que até agora, nenhum avião elétrico estava pronto para carregar passageiros. Contudo, com o eBeaver, o cenário vai mudar. Ganzarski acredita que voos comerciais em aviões elétricos são o futuro das viagens aéreas.

eBeaver será económico e rápido

O avião eBeaver possui um motor eléctrico de 750 cavalos, fabricado pela MagniX. A sua autonomia é impressionante comparando com os motores a combustível. A Harbour Air afirma que na versão final, o eBeaver conseguirá cobrir cerca de 160 quilómetros com 10 ou 20 dólares de energia eléctrica.

Esta autonomia é suficiente para viagens turísticas ou distâncias pequenas como ir de Vancouver até Victoria, que normalmente requer uma viagem de barco. De avião, a viagem pode durar apenas 30 minutos, ao contrário das 4 horas que o barco leva.

Além da rapidez e autonomia, aviões como o eBeaver possuem custos de manutenção mais baixos, requerendo apenas a bateria para carregamento. Além disso, os aviões podem ser mais leves, facilitando todo o processo de logística e transporte.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.