Presidente da Microsoft diz que Trump tem sido injusto com a Huawei

Bruno Coelho
1 comentário

A declaração pertence a Brad Smith, presidente da Microsoft. Em entrevista à Bloomberg, este afirma que o governo dos Estados Unidos tem tratado a Huawei injustamente. Para Smith, a Huawei deveria poder comprar tecnologia nos Estados Unidos, incluindo o software da sua empresa.

A Microsoft já tentou que os reguladores nos Estados Unidos se explicassem perante todo este caso. A resposta que a empresa tem enfrentado é “se vocês soubessem o que nós sabemos, iriam concordar connosco”.

A resposta da Microsoft a esta afirmação é: “mostrem-nos o que sabem para que possamos decidir por nós mesmos”. A verdade é que a Donald Trump vê a Huawei como uma ameaça à segurança nacional dos Estados Unidos, mas a Microsoft parece não concordar.

Brad Smith
Brad Smith, presidente da Microsoft, durante a Web Summit 2018

“Dizer a uma empresa tecnológica que pode vender produtos, mas não pode comprar um sistema operativo ou processadores, é como dizer a um hotel que pode abrir as portas, mas não pode pôr camas nos quartos ou comida no restaurante”, refere Smith, alegando que é a sobrevivência da empresa que está em causa.

Computadores da Huawei usam Windows

É bom ter em conta que a Huawei é um cliente importante para a Microsoft, e vice-versa. Os computadores portáteis da empresa usam Windows, e a vontade de ambas as empresas é que essa parceria continue.

Estas declarações surgem numa altura em que Donald Trump voltou a proibir as empresas americanas de negociarem com a Huawei. Como resultado disto, os vindouros Mate 30 serão lançados sem as aplicações da Google pré-instaladas.

Editores 4gnews recomendam:

1 comentário
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.