Pokémon Unite apresentado para a NIntendo Switch, Android e iOS. Conhece os detalhes

Carlos Oliveira
Comentar

A Pokémon Company havia anunciado a revelação de um grande projeto para hoje e não falhou com a sua palavra. O destaque recaiu sobre Pokémon Unite, o novo jogo da saga Pokémon que se prepara para chegar à Nintendo Switch, Android e iOS.

O jogo foi desenvolvido pelos TiMI Studios da Tencent, conhecidos pela criação de títulos como League of Legends, Arena of Valor ou o mais recente Call of Duty: Mobile. Só por estes nomes dá para perceber qual a filosofia base do novo Pokémon Unite.

Pokémon Unite introduz batalhas entre equipas em arenas

Pokémon Unite consiste em batalhas entre duas equipas de cinco elementos. Estas serão colocadas em arenas, onde terão de defender a sua metade das investidas dos seus adversários, enquanto tentam conquistar o lado oposto.

Para começar, os jogadores terão de escolher o seu Pokémon - começando no nível 1 - que terão de evoluir consoante o desenrolar das batalhas. Existirão alguns Pokémon selvagens espalhados pelo mapa que servirão para que o teu consiga evoluir de nível e aprender novos truques e ainda ganhar pontos para a tua equipa.

Todas as batalhas serão cronometradas, logo a ideia é ganhar o máximo de pontos possível durante esse período. Uma vez que o cronómetro termine, ganhará a equipa com mais pontos.

Quando será lançado Pokémon Unite

Infelizmente, ficaram por esclarecer muitos pormenores acerca do jogo, nomeadamente a sua data de lançamento. O que se sabe, no entanto, é que o título ficará disponível para a NIntendo Switch, Android e iOS.

Foi ainda adiantado que este será um jogo gratuito para começar. Isto levanta a dúvida se ele se manterá nesse regime para sempre ou se a partir de uma determinada altura os jogadores terão de pagar algo para poder continuar a jogar.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.