Fan-made-Apple-iPhone-7-rendersA Apple tem encetado esforços no sentido de aliciar os utilizadores das outras plataformas móveis como o Android e o Windows Phone e graças ao seu iPhone 6 e iPhone 6 Plus, conseguiu com que 33% dos novos utilizadores iOS durante o primeiro trimestre de 2015, fossem antigos utilizadores Android.

Estes dados foram fonte de regozijo para o CEO da Apple que não perdeu a oportunidade para se vangloriar dos recordes de vendas e de lucros astronómicos da marca de Cupertino. Numa nota pessoal, estes dados espelham o marasmo que o mercado Android  estava a atravessar e quem quisesse o mais recente e cobiçado produto do momento tinha que adquirir o iPhone 6 mas isso mudou com a apresentação do Samsung Galaxy S6 e S6 Edge.

Agora que a Apple perdeu o spotlight, agora que o Samsung Galaxy S6 e S6 Edge e qualquer consumidor que pegue num destes equipamentos é automaticamente invadido por uma sensação de surpresa e sem dúvida que muitos ficarão com vontade de o comprar, a marca de Cupertino terá obrigatoriamente que surpreender com os seus próximos smartphones.

   

O Apple iPhone 6S será anunciado nos últimos meses de 2015, como manda a tradição e não deverá apresentar mudanças estéticas em relação aos modelos actuais. As melhorias serão internas, ao nível do software e hardware, portanto as próximas inovações de design estarão, quanto muito, reservadas para o iPhone 7 que já começa a despertar a curiosidade de vários designers, como o já famoso designer de smartphones Martin Hajek e foram um exclusivo da Computerbild.de (fonte).

A forma geral destes renders do Apple iPhone 7 é perfeitamente exequível e bastante semelhante à dos modelos actuais mas tudo o resto apresenta um grau quase surrealista de inovação. O botão Home que faz parte do ecrã e que tem um sensor de impressões digitais integrado são o ponto de partida para toda esta concepção artística, oxalá o produto final fosse assim.

Outras características deste Apple iPhone 7 são o enorme ecrã, ou melhor, o ecrã que ocupa quase a totalidade do painel frontal com uns bezels ou margens quase inexistentes, deixando apenas espaço para a câmara frontal, sensor de proximidade e auscultador.

Na traseira, temos o logótipo da Apple retro-iluminado, com uma câmara principal com dois sensores ou duas lentes que conferem um aspecto bastante peculiar ao dispositivo. Interessante ver o “alto” da câmara a desaparecer (pelos vistos ninguém gosta dele).

O que achas deste design alternativo do Apple iPhone 7?

Talvez queiras ver:

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).