PlayStation 5: Sony poderá trazer um smartphone que correrá os jogos da consola!

Filipe Alves
Comentar

A Sony é uma das empresas que está desaparecida no mundo mobile, porém, é também uma das mais populares nas consolas. O entusiasmo à volta da PlayStation 5 é a prova disso mesmo.

Já o dissemos várias vezes que a marca japonesa está a perder no mercado de smartphones porque assim quer. Afinal de contas, poderá conciliar as consolas ao telemóveis de uma forma bem mais simples que os outros concorrentes. Aparentemente é isso mesmo que fará.

Um smartphone da Sony a correr jogos da PlayStation 5

SONY PLAYSTATION 5 smartphone

Os novos rumores indicam que a Sony está a trabalhar num smartphone que terá a capacidade de correr os jogos da PlayStation 5. Ou seja, se for idêntico ao que a Google está a fazer com o Stadia, podes começar a jogar na tua consola e continuar o jogo no teu smartphone.

Ainda que os smartphones não sejam tão potentes quanto uma consola, se a PlayStation conseguir conciliar os jogos da PlayStation 5 na cloud, é plenamente plausível que tal possa acontecer. Ainda assim, vale a pena frisar que existirão dificuldades no início.

Tecnologia 5G é ouro para este tipo de característica

A tecnologia 5G promete velocidades rápidas via internet móvel e um PING bem abaixo da média. Isto significa que estamos prestes a ter uma revolução no gaming móvel.

Qual é o melhor gadget para acompanhar esta revolução? Exatamente! O smartphone. Visto que a Sony consegue ter os dois, com extrema qualidade, escusado será dizer que a fabricante está um passo à frente da concorrência.

Todavia, temos de levar estes rumores com uma pitada de sal. Afinal de contas estamos habituados a que a Sony consiga estragar tudo no último momento. O insucesso dos seus smartphones e da falta de inovação desse mesmo setor é exemplo disso mesmo.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.