mkbhd oneplus 2

Para além da apresentação do OnePlus 2 durante a madrugada de hoje, tivemos outro evento depois da hora do almoço, o evento da Motorola, onde foi apresentada parte da linha de smartphones da Motorola para 2016, por isso temos tido um dia não só muito interessante como também atarefado. De todas as novidades de hoje, algumas foram bem recebidas enquanto outras nem por isso, mas passo já a dizer que o que me agradou mais do dia de hoje foi o OnePlus 2 e o seu respetivo preço.

OnePlus 2  (1)OnePlus 2

   

Tenho a certeza que todos os nossos leitores já se informaram de todas as especificações do OnePlus 2, pois este mesmo dispositivo é um dos mais esperados dos últimos meses e foi o tema de vários artigos que, aos poucos, foram revelando algumas das suas características, mas, como é normal nestas situações, só conseguimos ter todas as certezas depois de serem reveladas oficialmente no dia da apresentação.

Aquilo que me surpreendeu mais no OnePlus 2 foi o facto do fabricante OnePlus ter consigo manter o preço abaixo dos 400€ e ainda lançar um flagship killer decente, porque depois do grande sucesso que foi o OnePlus 1 seria fácil desleixarem-se e simplesmente pensarem que se safavam ao lançarem algo com um preço acima dos 500€. É interessante ver uma empresa realmente manter e cumprir a sua filosofia, só desta forma é que fortalecem a seu posição no mercado e, mais importante ainda, asseguram vendas, criando um grupo de “seguidores” que se relacionam com essa filosofia e digo “seguidores” no melhor sentido possível.

OnePlus 2

O OnePlus 2 tem, na minha opinião, um excelente design exterior com uma boa qualidade de construção, o que é crucial nos dias hoje, juntamente com especificações de topo, este dispositivo pode tornar-se um dos melhores smartphones de 2016. A única coisa que não foi melhorada, comparando com o OnePlus 1, foi o ecrã, que no OnePlus 2 ainda é FullHD e não QuadHD como o resto da concorrência, mas não podemos dizer propriamente que é uma desvantagem pois a escolha de uma menor resolução manteve o preço baixo e vai ajudar na duração da bateria, o que é sempre uma mais-valia. Agora, perguntam-se vocês se se notaria a diferença entre um ecrã FullHD e QuadHD, a resposta seria sim, muito pouca, mas só colocando os dois ecrã lado a lado mas mesmo assim, um ecrã FullHD já é mais do que o aquilo que necessitamos realmente no dia-a-dia.

O OxygenOS é o sistema operativo, com base no Android 5.1, criado pela OnePlus depois de se livrarem do CyanogenMod e traz para o OnePlus 2 algumas funcionalidades excelentes por cima de uma UI muito parecida a stock Android. Algumas dessas funcionalidades incluem escolher utilizar os botões no ecrã ou os botões capacitivos, que estão na parte de baixo do dispositivo, e até arrumar os ícones na barra das notificações ao gosto do utilizador. Assim, a OnePlus dá muita importância à personalização e todas estas funcionalidades acabam por complementar muito bem o stock Android, continuando com a mesma simplicidade.

OnePlus 2 img 2

A existência de um sensor de impressões digitais mantem o OnePlus 2 competitivo com smartphones como o Galaxy S6 e significa um aumento da segurança para aqueles que fazem muitas compras online. Em relação à câmara do OnePlus 2, na minha opinião, desde de que tire boas fotografias rapidamente de qualquer momento espontâneo é excelente e é basicamente tudo o que preciso da câmara.

Algo que realmente pode ser considerado uma desvantagem no OnePlus 2 é a falta de NFC e de ranhura para cartão de memória, a bateria não removível e o sistema de convites. A falta de NFC pode ser um fator importante para aqueles que usam o Android Pay (Google Wallet) para fazer pagamentos e a falta de ranhura para cartão SD é inconveniente pois a versão mais barata do OnePlus 2 só tem 16GB de memória interna e para os dias de hoje pode não ser suficiente, assim temos de optar pela versão de 64GB que custará 399€. A bateria não removível limita a autonomia do OnePlus 2, era possível no OnePlus 1 trocar de baterias mas desta vez a OnePlus optou por fixar a bateria ao dispositivo por motivos variados. E por fim, obter um OnePlus 2 pode revelar-se moroso devido ao sistema de convites que, no entanto, é completamente necessário para um fabricante que simplesmente não acompanha a quantidade de pedidos. Na minha opinião, o sistema de convites é algo engraçado pois muda a forma como compramos os nossos smartphones, não somos nós a ir à loja, a escolher e a comprar o dispositivo mas sim somos nós a esperar que seja a nossa vez de receber o smartphone com que sonhamos, mas pode acabar por demorar muito tempo, como foi o caso com o OnePlus 1. Este sistema também aumenta de certa forma a exclusividade do OnePlus 2.

Moto X StyleMoto X Style

O Moto X é muito parecido ao OnePlus 2 no sentido de ocuparem o mesmo lugar no mercado, são ambos excelentes smartphones a preços baixos comparando com os smartphones com que competem. Podemos dizer que são ambos flagship killers. O Moto X já vai na sua 3ª geração e com cada geração a Motorola muda aquilo que não era tão bom na geração anterior. O Moto X de 2014 melhorou no design e na qualidade de construção com metal nas laterias, estava equipado com um lindo ecrã FullHD Super AMOLED mas falhava na câmara, faltava uma ranhura para cartões SD e uma versão com mais memória acabava por ficar mais cara do que o desejado. O Moto X Style é o novo flagship da Motorola e mantém os bons aspectos da geração anterior e muda aqueles que não eram tão agradáveis.

O design do Moto X Style é típico Motorola e foi um dos aspetos que não mudou muito comparando com o modelo do ano passado, assim o Moto X tem uma boa qualidade de construção com metal nas laterias, boa ergonomia e o uso de materiais de qualidade na capa traseira torna este dispositivo um dos mais elegantes smartphones do mercado. O Moto X deste ano teve direito a um aumento no tamanho e resolução do ecrã, passando de um ecrã Super AMOLED FullHD de 5.2″ para um LCD TFT QuadHD de 5.7″. Este novo ecrã está muito próximo das margens laterais do dispositivo, o que contribui para uma estética elegante mas mesmo assim resultou num aumento do tamanho do mesmo. A câmara do Moto X do ano passado era o aspeto onde este mais pecava todavia, com o modelo deste ano, a Motorola prometeu melhorar e bastante neste departamento e o resultado foi uma câmara de 21MP na parte de trás do dispositivo deste ano e, pelas fotos mostradas na apresentação de hoje, a câmara do Moto X Style impressiona.

Moto X StyleO software do Moto X também é muito parecido ao do stock Android. Algumas funcionalidades como o Moto Action, que possibilita o lançamento de certas aplicações ao abanar o dispositivo, tornam o software simples e funcional. Outro aspeto que se mantem do Moto X do ano passado é a possibilidade carregar o dispositivo mais rapidamente com a tecnologia Turbo Charge, algo que também não está disponível no OnePlus 2.

Comparando com o OnePlus 2, o Moto X Style está menos focado na performance, está equipado com um Snapdragon 808 e 3GB de RAM contrastando com o Snapdragon 810 e 4GB de RAM do OnePlus 2, no entanto ataca nos aspetos onde o OnePlus 2 falha. O Moto X tem NFC, tem uma ranhura para cartão de memória de até 128GB, altifalantes stereo frontais e uma bateria removível, aspetos que são determinantes para os consumidores dos dias de hoje e que não se encontram no OnePlus 2.

moto-X-style-header

A falta de um sensor de impressões digitais pode não colocar o Moto X Style no patamar do Galaxy S6, por exemplo, mas para mim o sensor é completamente irrelevante. Nos States o Moto X Style de 32GB desbloqueado vai custar 399$ e se chegar a Portugal com o preço de 399€, com maior ecrã e de melhor resolução, NFC e bateria removível  é definitivamente uma melhor compra que o OnePlus 2 de 64GB (que apesar de mais cara, a versão de 64GB, vai ser inevitavelmente a mais vendida). Caso o preço do Moto X for mais que 399€ a escolha pode se tornar mais difícil e vai depender apenas do que o consumidor considera ser mais importante.

Talvez querias ver:

Membro do 4GNews há já 1 ano e estudante no 12º ano. Se bem me lembro , comecei a interessar-me por smartphones e outras coisas desde o momento que consegui perceber do que realmente se tratavam! Tive imensa sorte e encontrei este site, mandei um email e aqui estou a escrever para a 4GNews - um site originalmente PORTUGUÊS.