OPPO desvenda tecnologia de carregamento a 150W SuperVOOC

Rui Bacelar
Comentar

A OPPO está numa das suas melhores fases no mercado global de sm artphones. Após ter apresentado a nova gama Find X5 a 24 de fevereiro revela agora o novo carregador a 150 W SuperVOOC e um novo chip para cuidar da saúde da bateria.

As novidades foram reveladas esta segunda-feira (28) durante a conferência da OPPO no Mobile World Congress (MWC) 2022. Aí, a empresa chinesa desvendou o novo "salto em frente" face à atual tecnologia de carga rápida a 80 W presente nos Find X5.

O novo padrão de carga apresentado vem essencialmente dobrar a potência de carga presente nos OPPO Find X5 (80 W).

O padrão150W SuperVOOC carrega a bateria em 15 minutos

OPPO
Tempo de carregamento com a tecnologia de carga a 150W SuperVOOC

Os resultados laboratoriais do sistema 150 W SuperVOOC foram realizados num protótipo funcional cuja bateria tem 4 500 mAh de capacidade. Aí observámos a célula energética a carregar de 1% até 50% em apenas 5 minutos, ao passo que uma carga completa (100%) demorou cerca de 15 minutos.

Importa notar que o dispositivo de referência estava ligado, mas sem ligação às redes móveis (modo de avião). Em jeito de comparação, o atual padrão de 65 W presente em vários modelos carece de 40 minutos para atingir os 100% de carga,

Em 5 minutos temos 50% da bateria carregada

OPPO

Para mediar este novo padrão de carregamento rápido a OPPO apresentou um novo adaptador USB / carregador para o efeito. Foi apelidado simplesmente de carregador a 150W SuperVOOC e baseia-se na atual tecnologia de GaN comum no setor.

A OPPO introduziu um novo carregador compacto a 150 W

O novo carregador a 150 W apresenta dimensões compactas com 58 x 57 x 30 mm e pesa cerca de 172 gramas. Ou seja, é muito comparável ao carregador atual da OPPO com 65 W de potência que encontramos em vários modelos da fabricante.

OPPO

A fabricante comparou o novo carregador com o supracitado carregador a 65 W, bem como o adaptador da Apple a 61 W comummente usado para carregar os portáteis Macbook, entre outros dispositivos da tecnológica de Cupertino.

Mais uma vez, as diferenças são escassas com o novo produto a mostrar-se extremamente compacto para a potência de carga que consegue entregar. Aliás, de acordo com a marca a densidade de potência é de 1.51W/cm³, muito acima da média.

OPPO

Ainda de acordo com a OPPO o novo carregador a 150 W poderá ser usado numa multiplicidade de dispositivos, desde os smartphones, tablets, até aos computadores portáteis e outros gadgets com conexão USB do Tipo C.

Importa notar que o carregador tem um output de 7.5A a 20V. Por outro lado, no telefone de referência a bateria está dividida em duas secções, ou seja, duas baterias de menor capacidade a compor a célula energética de 4 500 mAh, convertendo a corrente a chegar à bateria em 5V/15A.

A OPPO tem um novo mecanismo para cuidar da saúde da bateria

OPPO

Entre as principais preocupações com os padrões de carga rápida está a saúde e eventual degradação da bateria. A pensar nisso a OPPO introduziu o Battery Health Engine que emprega também um chip próprio para gerir a carga deste componente.

Em condições laboratoriais a bateria reteve 80% da sua capacidade após 1 600 ciclos completos de carga e descarga. Ou seja, o dobro da média da indústria que se baseia nos 80% de capacidade após 800 ciclos de carregamento completos.

A boa gestão deve-se também ao algoritmo Smart Battery Health que vigia, constantemente, os elétrodos negativos com o intuíto de minimizar o desgaste da bateria. Na prática, diminui a ocorrência de iões de lítio que ficam presos e impedidos de transportar a carga, sendo este o fenómeno que provoca a degradação da capacidade da bateria.

Algoritmo e chip próprio para diminuir a degradação da bateria

OPPO

Atualmente a gama de smartphones OPPO Find X5 já integra a plataforma Battery Health Engine, mas há mais novidades. Temos, com efeito, a tecnologia Battery Healing que visa, como o nome implica, curar a bateria, ou proteger a mesma da degradação.

Trata-se de um feito de engenharia que, nos smartphones com este sistema, comporta a presença de uma Solid Electrolyte Interface (SEI). Mais concretamente, uma película durável nos elétrodos da bateria para os proteger da degradação natural.

We're speeding up fast charging. ⚡️OPPO 240W #SUPERVOOC Flash Charge delivers 100% battery in just 9 minutes, for record-breaking, industry-leading speed. 🚀 #OPPOxMWC22 pic.twitter.com/gPDurHh1Qg

— OPPO (@oppo) 28 de fevereiro de 2022

Temos ainda uma nova fórmula apelidada de Battery Healing que vai reparar ativamente a interface SEI enquanto que a bateria é carregada e durante o descarregamento. Ou seja, manterá ativamente os elétrodos em melhores condições de operação.

São estes vários mecanismos, físicos e algorítmicos que melhorarão o desempenho da bateria, bem como a sua longevidade.

O primeiro smartphone a usar este novo sistema de carregamento a 150 " será um equipamento OnePlus a chegar no segundo trimestre do ano. Entretanto, a Realme também anunciou este mesmo padrão de carga a 150 W a chegar aos seus smartphones.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com