OnePlus 3 leak

Embora esteja agendada a apresentação do novo OnePlus 3 apenas para o próximo dia 14 de junho, as surpresas desse evento deverão ser muito poucas. É já conhecido quase tudo em torno deste novo flagship killer, desde ao seu aspeto estético, às suas especificações e preços.

Vê também: OnePlus desenhou o seu smartwatch mas acabou por não o lançar

   

Ao olhar para tudo aquilo que é já conhecido, posso dizer que este novo OnePlus 3 me agrada bem mais que o seu antecessor, desde a sua estética e qualidade de construção, onde escusado será referir a absurda relação qualidade/preço que se espera para o mesmo. Ou seja, no papel este OnePlus 3 tem tudo para triunfar.

E para aguçar ainda mais a curiosidade em torno deste novo OnePlus 3, temos agora os resultados de performance que o mesmo conseguiu obter recentemente. Estes resultados aqui relatados foram levados a cabo pela conhecida Geekbench e datam de 4 de junho, portanto são bem recentes.

oneplus3_geekbench

Ao analisá-los ressaltam desde logo as pontuações obtidas, tanto no capítulo single-core como em multi-core, onde, como seria de esperar, o colocam bem ao nível dos grandes tubarões do mercado. Os 5635 pontos obtidos no uso pleno do seu processador são um número excelente e que certamente te entregarão uma performance no dia-a-dia de fazer inveja a qualquer um.

Há ainda a ressalvar que estes resultados foram realizados tendo como base o modelo de 6GB de RAM, portanto a versão de 4GB deverá alcançar pontuações inferiores. Ainda assim, os 4GB deverão ser suficientes para uma performance sem atrasos, ainda para mais com um Android que deverá manter-se muito perto do seu estado puro.

Este OnePlus 3 deverá ser apresentado com um processador Snapdragon 820, ecrã AMOLED de 5.5 polegadas Full HD, 4GB ou 6GB de RAM, 32GB ou 64GB de memória interna, câmara principal de 16MP, câmara frontal de 8MP, bateria de 3000mAh e a habitual Oxygen OS, baseada no Android 6.0 Marshmallow.

Talvez queiras ver:


Viagizmochina
Fontegeekbench

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.