Óculos de Realidade Aumentada e abandonar a Intel: planos da Apple para 2020

António Guimarães
Comentar

O ano de 2020 deverá ser bastante relevante para a Apple em termos de novidades pois a empresa tencionar lançar um par de óculos com realidade aumentada. De acordo com a Bloomberg, a empresa da maçã marcou esse lançamento para 2020, sem data específica.

Óculos de realidade aumenta da Apple é um assunto bastante rumorejado mas aparentemente será oficial. Estes óculos seriam capazes de se emparelhar com iPhones e mostrar informação relevante como mensagens, e-mails, data, hora e metereologia. Parece que a Apple vai fazer a sua versão do defundo Google Glass, esperemos que não tenha o mesmo destino.

A realidade aumentada é uma das apostas mais recentes no mercado mobile. A RA permite ao utilizador projetar imagens ou objetos num espaço físico, "aumentando" a sua realidade. Um exemplo disso é o Pokémon Go, onde é possível projetar as criaturas na rua. A Google possui uma função semelhante se pesquisares por animais.

macbook

Macbooks podem dar o salto para processadores ARM

Esta é outra informação que tem vindo a surgir em rumores e que tanto a Bloomberg como várias outras fontes da indústria corroboram. A Apple vai abandonar a sua longa parceria com os processadores Intel e passar a incluir chips ARM nos seus Macbooks.

ARM (Advanced RISC Machines) é uma arquitetura de processadores que requer menos transístores e consome menos energia. A sua diferença principal para com os chips CISC (Intel, AMD) é que são desenhados com instruções mais simples, tornando-os mais rápidos e eficientes.

x86 vs risc
Esquerda: processador RISC | Direita: processador CISC

Assim sendo, a Apple passará a produzir os seus próprios processadores, tendo total controlo sobre a produção. Além disso, os programadores poderão desenvolver programas e aplicações que funcionem em iPhone, iPad e Mac de forma muito mais fácil.

Este será um enorme trunfo para a Apple, que pretende unir cada vez mais os seus sistemas operativos e melhor o ecossistema. Recentemente, o iPad OS (iOS 13) expandiu a produtividade dos iPads, permitindo que os mesmos sejam utilizados como ecrãs secundários nos Macbooks.

Apple Watch vai receber novos modos

Finalmente temos o Apple Watch, que também está na mira para receber novidades em 2020. Uma delas será o modo Schooltime, que promete ajudar estudantes durante as aulas bloqueando o acesso a certas apps e notificações. Chamadas de emergência continuarão ativas, obviamente.

A monitorização de sono pode finalmente chegar ao Apple Watch em 2020. Isto porque foi descoberta uma função chamada "Time in Bed Tracking" no código do iOS 13. Monitorizar o sono é algo que até as smartbands mais básicas fazem portanto é bom que a Apple inclua isso no seu relógio.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.