iphone 5s

Normalmente não costumamos abordar anúncios publicitários de smartphones. Costumam ser algo desligado da realidade, mas neste caso resolvi abrir uma excepção. É simples, curto, e tem uma perspectiva muito humana do que é, ou deve ser um smartphone. O iPhone 5s.


A Apple tem um toque de génio e no que toca ao marketing não atrás de ninguém. Neste pequeno vídeo de apenas 1 minutos temos múltiplas experiências, culturas, profissões e gostos diferentes, tendo em comum um smartphone, uma ponte que ultrapassa todas essas divergências, o iPhone 5s.

   

Mostra-nos o lado familiar, o lado humano do smartphone mais conhecido do mundo, desta vez abordado de maneira diferente, apresentando as aplicações  vistas de um outro ângulo. Convencendo o público que o iPhone 5S é um canivete-suíço. Pode não ser óptimo para ver filmes e multimédia, devido ao tamanho do ecrã e bateria, mas não deixa de ser extremamente prático e conveniente nas mais simples tarefas do dia-a-dia. Aquelas que realmente importam.


Sem mais conversa:


A Apple sabe o que faz e solidifica cada vez mais a sua posição de topo no mercado mundial, e sejamos sinceros, se perguntarem a um perfeito estranho na rua qual é o dispositivo que lhe vem à cabeça quando se fala de smartphones, o iPhone é uma das respostas mais prováveis.

Mais do que revolucionar o mercado de smartphones o iPhone estabeleceu padrões. Não podia ter um nome mais genérico ou mais sólido, é o meu telefone, é algo que tenho que ter para ser considerado normal, segundo os parâmetros actuais da sociedade, se o meu vizinho tem eu também tenho que ter.

Ps: Uma estratégia que outrora dera iguais frutos, tome-se por exemplo a Standard Oil de Jonh D. Rockfeller, o “modesto” magnata, vindo do nada, disse com toda a convicção que o seu produto era aquele que devia estar em todas as casas americanas, era o padrão a seguir, o seu Standard Oil.

fonte