Moto Mods

O Project Tango viu o seu primeiro smartphone compatível chegar ao mercado recentemente, precisamente pelas mãos da Lenovo com o Lenovo Phab 2 Pro. Para os mais distraídos estamos a falar de uma tecnologia desenvolvida pela Google com base na Realidade Aumentada e que visa fazer mapeamento de espaços físicos com o nosso smartphone, uma funcionalidade que, acredito, possa vir a ser muito útil para arquitetos, por exemplo.

Vê também: Huawei: Nougat e o EMUI 5.0 estarão de chegada a mais dispositivos

   

Falou-se ainda recentemente que a Asus estaria a desenvolver o seu próprio smartphone dedicado a esta tecnologia e que poderá vir a ser apresentado já no próximo mês de janeiro, na CES 2017. A juntar a estes dois equipamentos Project Tango, poderemos ter ainda o já lançado Moto Z, através de um novo MotoMod. Desta forma, a Lenovo não precisará de construir do zero um novo equipamento, colocando assim todo o hardware inerente ao Project Tango neste seu novo MotoMod.

lowes-vision-tango-840x561

Quem avança com esta novidade é o CEO da Motorola, Aymar de Lencquesaing, afirmando que será provável que a sua companhia venha a desenvolver um novo módulo com vista a esta tecnologia. Escusado será dizer que estas afirmações colocam apenas uma hipótese em cima da mesa, sem nenhuma certeza, mas tendo já a Lenovo lançado um equipamento Project Tango, será muito mais fácil à Motorola, do que a qualquer outra companhia, desenvolver algo deste género.

Aqui mais uma vez se prova a utilidade que os MotoMods apresentados pela Lenovo têm. Assim a empresa pode esquivar-se de desenvolver um novo equipamento dedicado a esta tecnologia e adicionar um simples acessório a um já no mercado que o transforma em algo totalmente diferente. Veremos se isto irá por diante.

Talvez queiras ver:

Porque é que o Note 7 explodia? Saberemos até ao final do ano

Sony começa a atualizar os seus equipamentos para o Android Nougat

Netflix: Já é possível visualizar conteúdo offline

Viagsmarena
Fontepcmag
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.