Novo MacBook Pro promete ser o mais fácil de reparar desde 2012

Carlos Oliveira
Comentar

Na sequência do lançamento dos novos MacBook Pro de 14 e 16 polegadas, a iFixit deixou as primeiras pistas sobre o interior dos novos portáteis da Apple. As suas notícias são bastante animadoras para quem quiser reparar o próprio computador.

Vale notar que a iFixit deixou apenas um teaser do que devemos esperar da sua análise ao interior dos novos MacBook Pro. As conclusões sobre o processo de reparação destes produtos serão partilhadas mais tarde.

Será mais simples do que costume substituir a bateria do MacBook Pro

As primeiras informações divulgadas pela iFixit acerca do interior dos novos MacBook Pro incidem sobre a sua bateria. Segundo aquilo que é informado, a Apple usou um processo de montagem que não era visto nestes produtos desde 2012.

MacBook Pro

A iFixit classifica as novas baterias dos MacBook Pro como "reparáveis pelo próprio". Isto deve-se à utilização de "abas de puxar a bateria" para fixar este componente no interior do computador.

Isto significa que a Apple abandonou a cola para fixar a bateria dos MacBook Pro por baixo do ecrã do portátil. Ademais, este componente não está encurralado entre a placa lógica do portátil, o que potencia ainda mais a sua reparação.

A última vez que esta entidade viu uma abordagem semelhante foi na geração MacBook Pro lançada em 2012. Volvidos nove anos, a Apple optou novamente por um processo de construção que visa descomplicar a reparação do produto.

Resta saber se a Apple seguiu um caminho semelhante com os restantes componentes que integram os novos MacBook Pro. Terá a empresa americana descomplicado todo o processo de desmontagem dos seus novos portáteis?

A resposta a esta questão será dada assim que a iFixit partilhar a sua análise final ao interior dos novos MacBook Pro. Essa deverá ser publicada brevemente.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.