Nova lâmpada inteligente da TP-Link promete uma casa inteligente com baixo preço

Filipe Alves
Comentar

A TP-Link é uma das empresas que tem trabalhado com qualidade para nos trazer uma casa inteligente. A nova lâmpada inteligente da marca é exemplo disso mesmo.

A nova TP-Link KL50 dá-nos um estilo vanguardista, uma solução em conta e que reduzirá consideravelmente o gasto na eletricidade em casa. Isto tudo, por uma lâmpada que custa 15€.

Ademais, terás uma conexão inteligente através do smartphone, Google Assistant, Amazon Alexa sem qualquer tipo de necessidade de um Hub. Tal como as Phillips Hue obrigam.

TP-Link KL50

Conexão com a Google Assistant e Alexa é cada vez mais recorrente

As primeiras lâmpadas da TP-Link não ofereciam a conexão com a assistente da Google ou Amazon. Porém, estes gadgets cada vez mais são obrigatórios numa casa inteligente.

Controlar as luzes através da voz era um hábito para mim quando vivia no Reino Unido e só ainda não é em Portugal porque estou neste momento a montar uma casa inteligente.

Por isso é que gosto de ver cada vez mais concorrência no setor. De nada vale, na minha opinião, comprar lâmpadas inteligentes que não conectem com a Assistente da Google ou Amazon, porque acredito que o futuro passará por aqui.

Filamentos de LED são a principal característica da lâmpada inteligente TP-Link KL50

TP-Link KL50

Esta nova lâmpada da TP-Link, segundo a marca, "tem um design elegante de filamentos LED e o tom Soft White (2700K) ilumina adequadamente todos os ambientes". Tem ainda um regulador de intensidade que fará com que definas qualquer tipo de ambiente que querias na divisão da casa.

Esta nova lâmpada é mais em conta da marca e, infelizmente, só nos dá a tonalidade em branco. Contudo, podes sempre optar pelas KL130 que te dão várias tonalidades. Porém, o preço sobe para os 30€. Ainda assim, consideravelmente mais barato que as Phillips Hue que custam à volta de 60€.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.