NOS adianta-se à Vodafone e MEO com esta iniciativa pioneira em Portugal

Bruno Coelho
Comentar

Decorreu esta quarta-feira, 14 de setembro, a primeira viagem de condução autónoma e conectada com 5G, em ambiente real em Portugal. Tal sucedeu na Ponte Internacional Valença-Tui e contou com 5G da NOS.

O objetivo é demonstrar o papel do 5G na mobilidade autónoma conectada, e esta ação marcou a conclusão do projeto europeu 5G-MOBIX. “Durante esta demonstração pública, o shuttle autónomo encontrou vários obstáculos, todos ultrapassados graças à conectividade 5G”, afirma a NOS em comunicado.

O veículo passou o controlo para o centro de controlo de tráfego, onde um técnico assumiu a condução, remotamente, usando uns óculos de realidade virtual num primeiro caso, perante obstrução do percurso.

nos 5g

Toda a informação foi transmitida pela rede 5G da NOS

Graças a um sensor instalado na ponte um pedestre que se encontrava num ângulo morto do veículo foi detetado. Este passou a informação à rede e ao shuttle, evitando a colisão. De realçar que toda a informação foi transmitida pela rede 5G da NOS, fazendo uso de tecnologia Nokia, em tempo real.

“Hoje, assistimos a um momento determinante na preparação do futuro da Condução Autónoma. Tivemos oportunidade de participar em demonstrações em ambiente real e com obstáculos verdadeiros, algo nunca antes feito em Portugal”, afirmou Jorge Graça, Chief Technology and Information Officer da NOS.

O administrador da NOS afirmou ainda que “da parte da NOS queremos continuar a liderar momentos pioneiros como este, abrindo caminho para um futuro com uma mobilidade mais inteligente e mais acessível a todos, mas também com maior segurança rodoviária e sustentabilidade.”, concluiu o Administrador da NOS”.

Esta iniciativa 5G-MOBIX foi financiada pela União Europeia, e faz parte do Horizonte 2020. Este tem como objetivo principal estabelecer a base para o desenvolvimento de corredores 5G e impulsionar o desenvolvimento de oportunidades aplicadas à Mobilidade Autónoma Conectada.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.