fonte: depositphotos

O assunto Nokia tem sido o assunto principal deste domingo, e não é para menos. Já mais do que uma vez aqui revelamos o quanto ansiosos estávamos pelo regresso da marca Finlandesa ao mercado dos smartphones e esse marco deu-se hoje com a chegada do Nokia 6.

Vê também: É oficial! A Nokia está de volta com o Nokia 6

Num pequeno resumo temos um equipamento de gama média, com um design bem interessante mais acima de tudo com um preço de venda justo para as suas especificações. Este é o primeiro dos seis smartphones prometidos para este ano de 2017, portanto, ainda muito mais está por vir.

   

Agora somos confrontados com mais uma novidade, desta feita ao nível do software. Segundo uma patente preenchida pela Nokia na Europa, a empresa estará a desenvolver uma assistente virtual própria chamada Viki.

Este foi o nome escolhido pela Nokia para apelidar o novo produto que sairá desta patente e a sua descrição diz-nos que será “um software para a criação e monitorização de assistentes móveis ou de web com conhecimento digital e que combina todos os dados num único local de conversa baseado na voz”.

Uma descrição deste género é muito alusiva a uma assistente virtual tal como, por exemplo, o Google Now, a Cortana ou a Siri. Estes serão então os maiores concorrentes à Viki da Nokia, isto claro, se todas estas suposições se confirmarem e a Nokia lançar efetivamente a sua própria assistente pessoal.


Pessoalmente, vejo estas informações com bons olhos e agrada-me a ideia de a Nokia estar a construir novamente todo o seu portefólio. É certo que a concorrência é forte mas pelo menos demonstra que a Nokia quer regressar ao mercado com pés, tronco e membros, desenvolvendo os seus próprios produtos.

Talvez queiras ver:

Nokia 6: Fotos ao vivo de um belo design

E agora? Nokia ou Windows Phone/Mobile, eis a questão

OnePlus 3 recebe a OxygenOS 4.0.1 baseada no Android 7.0 Nougat

Viaphonearena
Fontegsminfo

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.