Nokia 9.1 Pureview será compatível com 5G e será lançado antes do final do ano

Carlos Oliveira
Comentar

O Nokia 9 Pureview foi um dos smartphones mais badalados da HMD Global, mas é tempo de olharmos para o seu sucessor. De acordo com a Nokia Power User, o vindouro Nokia 9.1 Pureview será lançado no último trimestre deste ano.

Rumores iniciais davam conta de que este smartphone pudesse chegar no terceiro trimestre de 2019. Contudo, a HMD Global não parece estar muito apressada para lançar este equipamento, portanto, decidiu adiar um pouco mais essa data.

Um dos principais pontos de venda do Nokia 9.1 Pureview será a sua compatibilidade com redes 5G. Parece que a marca finlandesa também irá entrar em breve neste mercado, juntando-se a marcas como a Samsung, Huawei ou Xiaomi.

Câmara será um dos trunfos do Nokia 9.1 Pureview

Uma das razões pelas quais a HMD decidiu adiar o lançamento do seu novo topo de gama é novamente a sua câmara. Não sabemos quantas lentes trará o Nokia 9.1 Pureview, mas não deverá faltar qualidade nas imagens captadas.

Graças à parceria entre a Nokia e a Light, a câmara deste novo equipamento será ainda melhor. A marca estará focado sobretudo na sua qualidade em cenários de pouca luminosidade e ainda na captura de vídeo.

A rapidez desta câmara também deverá ser um dos aspetos a ser melhorado. Para tal, a HMD estará a desenvolver uma melhor combinação entre o processador e algoritmos de processamento de imagem.

Que mais se sabe sobre o Nokia 9.1 Pureview?

Ainda existem poucas informações sobre o vindouro Nokia 9.1 Pureview. No entanto, tem sido avançado que este virá com um ecrã com "um buraco" para a sua câmara frontal.

Já no seu interior, fala-se na presença do processador Qualcomm Snapdragon 855 e no Android Q fora da caixa. Como disse, ainda há muitos dados por conhecer e certamente que esses irão surgir ao longo dos próximos meses.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.