netflix-portugalO Netflix teve um começo longe da perfeição aqui em Portugal devido à quantidade de conteúdo “fora do prazo” e falta de variedade. Actualmente, passados três meses, o conteúdo aumentou consideravelmente mas não o suficiente para rivalizar com a biblioteca americana de filmes e séries.

Como o português é desenrascado, muitos utilizam acessos através de servidores proxy ou VPN para aceder ao conteúdo de outros países. Os manda-chuvas do Netflix sabem bem disso e anunciaram que estão a reforçar a tecnologia de detecção de proxies, de forma a limitar o acesso dos utilizadores globalmente.

Antes de culparmos o Netflix temos de compreender que o problema é que diferentes empresas em diferentes países podem possuir direitos para a mesma série ou filme. Isso significa que é difícil para o Netflix garantir que ambos os públicos português e americano possam usufruir do mesmo conteúdo. Para mais, aqui em Portugal não ajuda o monopólio que existe por parte das empresas de telecomunicações.

   

A empresa afirmou que compreende a frustração das restrições de conteúdo e que está a tentar fazer o possível para expandir o conteúdo para todos. As novas medidas anti-VPN/proxy serão implementadas ao longo dos próximos dias.

Talvez queiras ver: