Netflix aumenta dívida em 2 mil milhões para financiar mais conteúdo

António Guimarães

O Netflix contraiu mais 2 mil milhões em dívidas através de obrigações de alto investimento. A empresa fez isto para continuar a suportar e financiar os custos de produção dos seus conteúdos e outras despesas.

O anúncio foi feito pela própria Netflix numa publicação aos seus investidores. Já em outubro do ano passado, o Netflix utilizou a mesma estratégia para adquirir o mesmo montante.

netflixes

Este passo por parte do Netflix pode ter sido influenciado pela sequência de empresas rivais a lançar serviços. Empresas como Disney, Apple e WarnerMedia são todos concorrentes do serviço de subscrição.

Os serviços da Apple não representarão grande concorrência para o Netflix devido a serem exclusivos do ecossistema. Contudo, o Disney+ com o seu preço de 6.99 USD pode ser apetecível para familias com crianças. O preço base do Netflix nos Estados Unidos são 12.99 USD.

O Netflix não pretende mudar a sua operação tão cedo

O modelo de negócio do Netflix envolve enormes gastos de capital para adquirir subscritores e ficar à frente da competição. Isto envolve investir em conteúdo popular original, que o público não consegue aceder em mais lado nenhum.

O Netflix acredita que este sistema irá continuar a gerar receitas durante anos e anos. Contudo, a dívida do Netflix ronda os 12.3 mil milhões de dólares, valor esse que ainda está por sequer começar a ser pago.

netflix

Contudo, os juros nessa dívida continuam a aumentar com cerca de 135 milhões de dólares no primeiro trimestre de 2019. O Netflix não parece estar preocupado pois tem confiança no seu modelo de negócio.

Aqui em Portugal, o Netflix rapidou conquistou o mercado. Após anos e anos de monopólio de conteúdo por parte das operadoras de telecomunicações, o serviço proporcionou uma escolha ao público português.

Com a chegada da HBO Portugal, é provável que vejamos um aumento nos serviços de subscrição. Contudo, demasiados serviços irão criar uma situação 'esgotante' pois o nosso mercado é pequeno.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.