A Bandai lançou um dos títulos de jogo mais esperados desde há muito tempo. Naruto to Boruto: Shinobi Striker (NBSS) é o jogo que eu, tu e qualquer outro jogador, mesmo que não seja o maior apreciador das aventuras dos grandes Ninjas, quereremos jogar.

NBSS estará brevemente disponível para Xbox One e PC, ou seja, mesmo para quem não tenha uma consola em casa, esse não será um obstáculo à experimentação dum jogo que promete, e bastante. O novo título da Bandai, para além de refletir uma transição que está a deixar os fãs do Anime totalmente incrédulos, Naruto-Boruto, conta ainda com inúmeras funcionalidades.

   

Uma dessas é o facto de ser possível andar por todo o lado. Mesmo, literalmente. Não há limites neste novo jogo. O clássico modo de jogo em que caminhamos pelas diversas aldeias deixa agora de ter impedimentos pois poderemos visitar o que quisermos. Por outro lado, as batalhas tornaram-se ainda mais intensas, uma vez que poderão ser escolhidos até 4 membros por equipa para lutarem entre si numa luta com, no máximo, 8 elementos.

Assiste ao trailer do jogo:

Como jogador, de modo ligeiro, no PC e na PS4, fico contente por ver que Naruto to Boruto: Shinobi Striker não ficou limitado à Xbox One e, por isso, darei uma oportunidade ao jogo. Fá-lo-ei, em grande parte, porque sou um antigo e fiel amante da série japonesa e, agora que se iniciou Boruto, só penso como me poderei viciar ainda mais e entrar, definitivamente, no mundo Ninja.

Vê ainda: Nvidia lança driver compatível com a atualização Creators do Windows 10

Resta saber se demorará muito tempo até ser oficialmente comercializado e qual será o seu preço. Seja como for, deverá valer a pena jogá-lo e, por isso, recomendo a todos os fãs da Naruto ou deste género de jogo que deem uma oportunidade ao mesmo.

Outros assuntos relevantes:

Já falta pouco para ser lançado um novo Call Of Duty para smartphone!

NBA Playgrounds: Alternativa ao NBA2K17 chega à Xbox One e PC

Microsoft já apresentou as características da XBox Project Scorpio

FonteMSPoweruser
Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.