Motorola Edge 30 Ultra com suporte para carregamento mais rápido

Mónica Marques
Comentar

No próximo mês de julho, a Motorola vai apresentar o novo Edge 30 Ultra que está equipado com o chip mais recente da Qualcomm, Snapdragon 8+ Gen 1.

Mas parece que o terminal traz boas novidades também no suporte para carregamento rápido que agora vai ser de 125 watts.

Motorola Edge 30 Ultra com carregamento rápido de 125 watts

Motorola Edge 30 Ultra
Render do Motorola Edge 30 Ultra divulgado no mundo Web Crédito@OnLeaks/91Mobiles

Já se sabe que, à semelhança da Xiaomi e da Asus, também a Motorola vai apresentar o seu novo smartphone com Snapdragon 8+ Gen 1 em julho. O Edge 30 Ultra será o terminal que chega com o novo chip Qualcomm, mas traz consigo outras surpresas muito bem-vindas pelos utilizadores.

A passagem do novo modelo por um site de certificação chinês deu a conhecer que o Edge 30 Ultra vai contar com suporte para carregamento rápido de 125 watts. O que é ligeiramente mais rápido que o rival Xiaomi 12T que terá o mesmo processador, mas um carregamento rápido de 120 watts.

Assim como também vai ultrapassar o Xiaomi 12 Ultra, previsto para chegar ao mercado a 5 de julho, e que, de acordo com alguns rumores, terá um suporte para carregamento rápido de "apenas" 67 watts.

Outras especificações esperadas no Motorola Edge 30 Ultra

Entretanto, outros rumores deram já conta de algumas das principais especificações do novo modelo Motorola. Assim espera-se que o Edge 30 Ultra esteja equipado com um ecrã OLED de 6,67 polegadas com uma taxa de atualização de 144 Hz.

Foi também avançado que o modelo será disponibilizado nas variantes de 8 GB de memória RAM com 128 GB de armazenamento interno, assim como com 12 GB de RAM e 256 GB de capacidade na memória interna.

Outro dos destaques do terminal vai diretamente para a integração do sensor ISOCELL Hp1 da Samsung com 200 megapixéis de resolução. De resto, vai contar também com uma robusta bateria de 5.000 mAh.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.