Motoristas de Uber e Lyft fazem greve por melhores condições

António Guimarães

Ser motorista numa das apps de transporte privado não é um trabalho fácil, principalmente num mercado relativamente recente. Devido a várias insatisfações, um número de motoristas de Uber, Lyft e outros serviços estão a fazer greve em várias cidades dos Estados Unidos.

Dessas cidades 3 são das mais movimentadas do país, são elas Chicago, Nova Iorque e Los Angeles. Nestas cidades, os serviços de transporte privado são quase uma necessidade número um para quem se quer deslocar.

uber lyft

O grevistas estão a exigir condições variadas mas as mais comuns são um ordenado mínimo fixo, limite nas comissões que a empresa cobra e suspensões injustificadas.

Os motoristas envolvidos na greve desactivaram as respetivas aplicações durante o dia de hoje. Durante as manifestações estão também a encorajar potenciais passageiros a boicotar os serviços.

Os serviços de transporte privado tem tido altos e baixos

Em Nova Iorque, uma condição positiva para os motoristas foi implementada: a inclusão de um ordenado mínimo para os motoristas. Contudo, existem ainda preocupações que as comissões de viagem podem não ser suficientes para manter uma vida normal numa das cidades mais caras do mundo.

É importante salientar que os motoristas também não possuem proteções como subsídios de desemprego ou contratos seguros. Muitos motoristas conduzem várias horas seguidas e muitas vezes ultrapassam as 8 horas diárias.

ubers

Recentemente, falámos de como a Lyft sofreu um prejuízo de mais de 1.14 mil milhões de dólares. Estes valores certamente não irão motivar a empresa a pagar melhor aos seus colaboradores ou oferecer melhores condições.

Esta é uma situação delicada e uma consequência deste tipo de novos empregos digitais. Para os utilizadores é tão simples como instalar uma app e chamar um carro mas para o motorista que quer viver do seu trabalho é um caso bem mais complexo.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.