surfacepen

Quando a Microsoft apresentou o seu primeiro Surface revolucionou por completo o mercado dos tablets. Na altura quando vimos o novo produto pensamos a frio que seria apenas mais um tablet, mas as coisas revelaram-se bem diferentes.

Os Microsoft Surface não são apenas um tablet, são autênticos híbridos. Estes produtos, salvo raríssimas exceções, podem perfeitamente substituir o teu portátil em todas as utilidades que lhe deres. Até para quando necessitas de realizar uma tarefa mais minuciosa, tens uma Pen que te ajudará nesses momentos.

   

O que me traz hoje até aqui é precisamente a Pen que a Microsoft costuma incluir nos seus Surfaces. Segundo uma nova patente registada pela Microsoft, uma nova Pen com sistema de carregamento magnético estará a ser desenvolvida.

microsoft-pen-patent-recharge

Até agora a Pen que a Microsoft comercializa possui uma bateria AAAA, que lhe  proporciona uma autonomia de meses ou até mesmo anos. Mesmo que estejamos a falar de intervalos temporais bem alargados, ela não deixa de ter um tempo de vida útil limitado.

A nova patente submetida agora pela Microsoft pretende solucionar este problema, ao exemplificar uma Pen que teria uma bateria recarregável. Esse carregamento seria magneticamente feito através de uma doca própria para tal.

Agora a questão que se levanta é que este acessório, muito provavelmente, será um acessório externo ao Surface o que fará com que o mesmo tenha de ser conectado ao mesmo de alguma forma. Ainda assim pelo que foi apresentado, parece ser uma solução bem mais prática do que o sistema inventado pela Apple para o carregamento da sua Pen para o iPad Pro.

As informações agora reveladas não adiantam muito mais pormenores, portanto teremos que esperar até que novos desenvolvimentos sejam revelados. Não obstante, esta poderá uma tecnologia já a ser incluída no próximo Surface Pro 5, que deverá ser apresentado no outono deste ano.

Talvez queiras ver:

Viawindows central
Fontepatently mobile
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.