Microsoft quer competir em força com o Slack na comunicação de empresas

António Guimarães
Comentar

A Microsoft anunciou que vai fazer uma grande aposta na publicidade da sua plataforma Teams. Este é um serviço de comunicação maioritariamente indicado para empresas que combina conversas de texto, videoconferências e armazenamento de ficheiros.

Contudo, existe o Slack, que nos últimos anos testemunhou um enorme crescimento em popularidade e utilização. A plataforma tem vindo a explorar o mercado de comunicação de empresas, onde cada vez mais grupos de trabalho internos são utilizados, principalmente em trabalhos remotos.

Desta forma, a Microsoft terá de fazer um grande esforço para conseguir competir com o Slack. Esta aposta na publicidade é um óbvio reconhecimento do sucesso do Slack e o mercado lucrativo que representa. Afinal, a Microsoft desenvolve software para empresas há décadas, uma parte essencial do seu negócio.

bill gates

Bill Gates convenceu a Microsoft a não comprar Slack

Em 2016, O Business Insider relatou que a Microsoft e o seu CEO Satya Nadella estavam a considerar comprar o Slack, quando ainda era uma mera start-up. No entanto, Bill Gates convenceu Nadella a não fazê-lo sendo que nem chegou a ser formulada uma proposta oficial.

Supostamente, Satya ia oferecer um valor avultado de 8 mil milhões de dólares antes de Bill Gates dar o seu avalo. Ironicamente, 4 anos depois, o Slack é um sério concorrente à Microsoft Teams, ao qual será difícil fazer frente sem um grande investimento.

A vantagem da Microsoft é o seu vasto leque de serviços. Possuindo o Office 365, a Microsoft pode criar formas de incluir o Teams nos seus pacotes, de forma a incentivar as empresas a utilizar a sua plataforma, em detrimento do concorrente Slack.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.