Mercado global dos telemóveis parece estar finalmente a recuperar

António Guimarães
Comentar

De acordo com os números mais recentes da empresa de análise de dados Canalys, o mercado de telemóveis registou um crescimento pela primeira vez em 2 anos. Em comparação a 2018, o mercado de telemóveis teve um crescimento anual de 1%, registado no terceiro trimestre de 2019.

A verdade é que 1% parece insignificante mas se considerarmos que estamos a incluir todas as marcas de telemóveis, é um crescimento positivo. Principalmente porque o mercado mobile tem vindo a registar decréscimos anuais desde 2017.

As marcas mais responsáveis pelo crescimento

No terceiro trimestre de 2019 (Q3), a Samsung testemunhou o maior crescimento. A empresa coreana vendeu cerca de 78 milhões de unidades de equipamentos, registando um crescimento de 11% em relação a 2018. A Samsung continua a dominar como fabricante de telemóveis mais vendida do planeta. A gigante coreana possui uma quota de mercado global de 22.4%.

A seguir temos a Huawei, que apesar dos problemas com os Estados Unidos não teve o seu mercado caseiro prejudicado. Maioritariamente graças ao mercado chinês, a marca vendeu cerca de 66.8 milhões de equipamentos, mantendo-se estável no segundo lugar do ranking mundial.

mercado global

Finalmente temos a Apple, que registou um decréscimo anual de 7% em relação a 2018. Apesar das vendas dos novos iPhones terem subido as receitas e volume da empresa consideravelmente, ainda é cedo para os efeitos se fazerem manifestar.

Contudo, o iPhone 11 e o seu sucesso no mercado asiático promete trazer bons resultados à Apple no último trimestre de 2019 (Q4). As épocas festivas estão a chegar e irão certamente aumentar as vendas de equipamentos até ao final do ano.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.