MEO adianta-se à NOS e Vodafone e entra no metaverso

Bruno Coelho
Comentar

A MEO adiantou-se recentemente à NOS e Vodafone numa “viagem totalmente tecnológica e revolucionária”. Em comunicado, a operadora avança que é a primeira em Portugal a entrar no metaverso.

"A chamada “nova geração da Internet”, a Web3, chegou ao MEO. Numa altura em que o mundo real e o mundo virtual se cruzam cada vez mais, o MEO embarca agora numa experiência imersiva e inaugura um espaço virtual, totalmente inovador e revolucionário, que marca a entrada da marca no metaverso”, explica a empresa em comunicado.

meo metaverso

A inauguração deste novo espaço é acessível a todos os consumidores, e promete marcar “uma nova era no setor das comunicações eletrónicas”. A MEO pretende responder às necessidades a experimental e humana, proporcionando novas experiências e gerando novas relações virtuais a todos os consumidores.

Como aceder ao metaverso do MEO

Os utilizadores podem aceder, através de um computador, tablet ou de um smartphone, ao metaverso do MEO. Este foi desenvolvido na plataforma Spatial, em parceria com a agência de inovação portuguesa, Instinct.

De realçar que a ligação é feita através da página web meo.pt/metaverso. A MEO refere ainda que os utilizadores que disponham de equipamentos de realidade virtual também poderão aceder a este espaço de uma forma ainda mais imersiva.

meo metaverso

O que podes fazer no metaverso do MEO

Ao entrar no metaverso do MEO, o utilizador pode criar o seu próprio avatar, através de uma fotografia ou de um configurador. Aí tens a possibilidade de escolher os detalhes do cabelo, olhos, boca, tom de pele, entre outros).

Vais começar numa praça central, que ao longo de toda a experiência, vai dar acesso a vários espaços, tais como, uma pop-up store MEO, funcionando como um ponto de atendimento ao cliente; um anfiteatro, para a realização de várias iniciativas e encontros.

Existe ainda a Casa MEO, um showroom virtual com os produtos e serviços da marca, constituída por uma sala, decorada com obras de arte de João Noutel, pertencentes à Fundação Altice, uma cozinha, uma lavandaria e três quartos.

Ainda dentro desta Casa MEO é possível observar-se alguns quadros expostos, criados com inteligência artificial, e com forte ligação aos cinco sentidos da marca: Sente, Ouve, Vê, Saboreia e Inspira.

“O lançamento do novo espaço MEO no metaverso a par da abertura da nova loja no nosso edifício sede é um grande motivo de orgulho! Somos líderes em todas as áreas e segmentos decorrente da nossa capacidade de inovar e surpreender”, afirma João Epifânio, administrador para o Segmento de Consumo da Altice Portugal.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Colabora com a 4gnews desde 2017, e faz parte da redação desde 2019. Come especificações ao pequeno-almoço. brunocoelho@4gnews.pt