Home Android

Meizu M6 Note: O primeiro Meizu com processador Qualcomm já é oficial!

Mais uma boa opção de gama-média da Meizu!

Meizu M6 Note Qualcomm
Meizu e Qualcomm trabalham finalmente juntas. Dará bom resultado?

A Meizu apresentou hoje o seu novo Meizu M6 Note. Num evento que decorreu em território Chinês, a empresa apresentou aquele que será o seu primeiro disposítivo a carregar no seu interior um processador Snapdragon da Qualcomm.

E se é certo que não estamos aqui perante um smartphone topo de gama como o Meizu Pro 7, apresentado há algumas semanas, a verdade é que o novo M6 Note tem propostas bem interessantes que irão cativar aqueles que procuram um bom valor pelo preço que pagam. Passemos então a analisar ao detalhe o novo Meizu.

Vê ainda: Samsung Galaxy Note8: Resumo do evento em 5 minutos!

Design e Construção do Meizu M6 Note

Não tendo um design de arregalar o olho, o M6 Note consegue, com a sua robusta construção em metal transmitir confiança ao utilizador, tendo ainda assim, dimensões bem aceitáveis (154.6 x 75.2 x 8.35mm, 73 gramas de peso). Isto porque a mesma é bem construída, o que acaba por ser uma vantagem comparativamente a outro tipo de construções mais apelativas ao olho, mas bem mais frágeis.

Na parte frontal encontramos, para além do ecrã de 5.5 polegadas, a câmara secundária no topo e um leitor de impressões digitais logo a baixo do anteriormente mencionado ecrã. Já a parte traseira acaba por ser bastante “limpa”, com um conjunto de dois sensores fotográficos entre as linhas de antena visiveis no topo de na parte inferior do terminal.

 

E por falar em linhas de antena, estas trazem consigo um interessante pormenor. Um flash Quad-LED vem integrado na linha de antena superior, um pormenor de exclusividade e que mostra que a Meizu continua a ser uma marca bem atenta aos pormenores.

Ecrã e Especificações

Sendo um gama-média, o Meizu M6 Note traz consigo especificações a condizer com o preço que apresentará no mercado. Assim, o seu ecrã LCD IPS de 5.5 polegadas tem resolução Full HD (1080p) e servirá para a maioria do consumo de multimédia que o público alvo procurará.

O Meizu M6 Note é o primeiro smartphone da marca com um processador Qualcomm

Já nas suas “entranhas” está a grande novidade da companhía. Não pelo seu poder, mas pelo que representa, o Qualcomm Snapdragon 625 é o primeiro processador Qualcomm a integrar um smartphone da Meizu. Este processador octa-core gama-média, de baixo consumo, permite uma performance bem aceitável, coadjuvada por uma poupança de bateria imbatível na sua gama.

O processador terá ainda a companhía de várias opções de memória. Isto porque o Meizu M6 Note poderá ter 3 ou 4GB de RAM e 16, 32 ou 64GB de memória interna, dependendo da versão escolhida pelo comprador.

Já no que toca a câmaras, este será um dos mais acessíveis terminais a chegar ao mercado com uma Dual-Câmara. Nesta área, há uma clara vantagem para o seu principal concorrente, o Xiaomi Redmi Note 4x, trazendo o M6 Note um combo de 12MP + 5MP.

E começando pelo primeiro, estamos a falar de um sensor Sony IMX362, muito usado em smartphones de topo, com uma abertura f/1.9, sendo que o segundo sensor trará auxilio necessário para fotografias em locais com baixa luminosidade.

Por fim, este smartphone beneficia de uma grande bateria de 4000 mAh, que, em conjunto com o processador de baixo consumo, garantirá ao utilizador uma boa durabilidade. E se esta não chegar, há ainda o carregamento rápido da Meizu, o mCharge.

Preço e disponibilidade do M6 Note

A cereja no topo do bolo é mesmo o preço deste smartphone. A versão de 3GB RAM e 16GB de memória interna estará disponível por apenas 1099 yuan (cerca de 139 euros), enquanto que a versão de 3GB+32GB chega aos 1299 yuan (165 euros).

Por fim, a versão de 4GB RAM e 64GB de memória interna eleva-se aos 1699 yuan (216 euros), sendo a versão que, na nossa opinião mais faz justiça à qualidade do terminal e será capaz de se debater com o Xiaomi Redmi 4X.

O terminal estará à venda na China no próximo dia 2 de setembro, mas nada se sabe sobre o alcance do mesmo nos mercados europeus. Se seguir o exemplo do Pro 7, poderá mesmo estar à venda no Velho Continente, mas teremos de aguardar para mais informações quanto a este pormenor.

Outros assuntos relevantes:

Samsung Galaxy Note8 – S Pen, acessórios e extras da Harman Kardon

Habilita-te a ganhar um Huawei P10 no Patreon da 4gnews

Dica – Experimenta gratuitamente os wallpapers e toques do Android Oreo

FonteGizmochina
Editor 4gnews e estudante de Direito, nos tempos livres é mais provável encontrar-me a explorar novos géneros musicais, filmes e séries e a passar um bom tempo com amigos e família.