Meizu 18x é o novo smartphone 'desconhecido' que faz frente aos Xiaomi 11T

Rui Bacelar
Comentar

A Meizu é uma das maiores fabricantes de smartphones sediada na China tendo hoje apresentado um rol de novos dispositivos móveis Android. A saber, os Meizu 18s, Meizu 18s Pro, bem como o Meizu 18x que pode também chegar aos mercados na Europa.

Trata-se de um smartphone completamente novo, ao invés dos demais modelos apresentados que vieram renovar o leque de equipamentos previamente disponíveis na China. Posto isto, concentrarmos as nossas atenções no Meizu 18x, um produto capaz de competir com o novo Xiaomi 11T Pro a chegar também a Portugal.

Este é o novo smartphone Android da Meizu, o Meizu 18x

Meizu 18x
Os vários esquemas de cor e design geral do smartphone Meizu 18x.

Em primeiro lugar destacamos caraterísticas como o ecrã AMOLED com taxa de atualização a 120 Hz, bem como o poderoso processador da Qualcomm. Mais concretamente, o SoC Snapdragon 870 também presente, por exemplo, no Oppo Reno6 Pro 5G.

Outro dos seus trunfos é a câmara tripla na traseira, liderada por um sensor de 64 MP. Esta câmara destaca-se também pelas capacidades de ampliação, ótica e digital, tal como a marca evidencia no branding visível na traseira.

Comparativamente, os modelos Meizu 18s e Meizu 18s Pro estão agora equipados com o Snapdragon 888+ da Qualcomm, superando assim os novos Xiaomi 11T Pro. Todos os novos lançamentos utilizam a interface Flyme 9.2 com o Android 11.

O ecrã OLED é de 6,67'' com resolução Full-HD+ e atualização a 120 Hz

Meizu 18x
Os vários esquemas de cor disponíveis para o smartphone Meizu 18x.

O Meizu 18x apresenta um ecrã de 6,67 polegadas de diagonal, tecnologia OLED com resolução Full-HD+. Este painel tem uma taxa de atualização máxima de 120 Hz, taxa de registo do toque de 360 Hz, bem como uma densidade de pixeis de 395 ppp.

Apresenta também cores com profundidade 10-bit, tem um formato 20:9, alto e estreito com margens reduzidas e cantos arredondados. O brilho máximo deste painel atinge os 700 nits e conta com um leitor de impressões digitais embutido na tela.

O design geral do produto apresenta linhas angulares, sendo algo inspirado nos Apple iPhone 12 e iPhone 13. É construído em metal e vidro, com botões na lateral direita (seletor de volume + botão Power).

O processador do smartphone é o Snapdragon 870 da Qualcomm

Meizu 18x

O Meizu 18x integra o SoC Snapdragon 870 da Qualcomm, equipado com até 12 GB de memória RAM LPDDR4x e até 7 GB de RAM extra com a memória virtual. O armazenamento interno chega aos 256 GB UFS 3.1, com o sistema operativo Android 11 da Google.

A câmara traseira e principal deste Meizu tem 64 MP, um sensor Samsung GW3. Tem também uma câmara ultrawide de 8 MP, bem como uma terceira câmara (de profundidade) com 2 MP de resolução. Por fim, a câmara frontal tem 13 MP de resolução.

O telefone apresenta ainda uma bateria de 4 300 mAh de capacidade com carga rápida a 30 W. A isto soma a conetividade dual-SM, 5G, Wi-Fi 6, Bluetooth 5.2, GPS, bem como a porta USB-C e altifalantes lineares.

O telefone apresenta ainda um vidro 2.5D a revestir o seu ecrã, o que dá uma forma e aparência geral mais arredondada. Os demais materiais usados na sua construção são o vidro e o metal, particularmente visível na sua estrutura e diversos botões.

O preço do novo smartphone Meizu é bastante competitivo

Meizu 18x
O novo smartphone Meizu em branco (vista frontal e traseira).
  • 8 GB RAM + 128 GB – 2,599 Yuan (~$401) - cerca de 343 €
  • 8 GB RAM + 256 GB – 2,799 Yuan (~$433) - cerca de 369 €
  • 12 GB RAM + 256 GB – 2,999 Yuan (~$464) - cerca de 395 €

As vendas do novo smartphone Android começam no próximo dia 26, na China. O produto estará disponível em branco, preto e azul, pesando 189 gramas e medindo 165,1 x 76,35 x 7,99 mm (altura x largura x espessura).

Até ao momento, contudo, não temos informações sobre a sua disponibilidade fora do mercado natal, ainda que tal hipótese tenha sido acalentada pela fabricante.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.