MediaTek volta a dar cartas! Novo processador gama-média bate topo de gama da Qualcomm

Vitor Urbano
2 comentários

A MediaTek continua a dominar o segmento gama-média no que respeita à performance e, novas informações indicam que esse cenário vai continuar inalterado em 2021. De acordo com vários rumores, a fabricante está a trabalhar em 3 novos processadores que deverão integrar a linha Dimensity.

Agora, uma listagem na plataforma de testes AnTuTu revelou resultados obtidos utilizando um dos novos modelos. De forma impressionante, a performance geral do novo MediaTek MT6893 conseguiu mesmo ultrapassar os resultados obtidos por um dos topos de gama da Qualcomm em 2020, o Snapdragon 865.

MediaTek processador Qualcomm

Estes novos processadores gama-média são fabricados com uma litografia de 6nm, o que vai ajudar a garantir um nível de performance e gestão de energia muito melhor. Por isso, não é com grande surpresa que o vemos ultrapassar o topo de gama de 2020.

MediaTek tem tudo para se conseguir tornar maior que a Qualcomm

Apesar dos seus processadores continuarem a causar alguma desconfiança entre os utilizadores Android, é impossível ignorar a grande evolução apresentada pela MediaTek ao longo dos últimos anos.

Já há muito tempo que domina indiscutivelmente os rankings de performance no segmento gama-média, sendo já um dos mercados mais competitivos da atualidade. Por esse motivo, parece ser cada vez mais uma possibilidade que, a MediaTek venha a conseguir tornar-se maior que a sua rival Qualcomm.

MediaTek AnTuTu

Além de ter conseguido bater as pontuações alcançadas pelo Qualcomm Snapdragon 865, este novo chip da MediaTek apresentou uma performance impressionante mesmo face a novos processadores da Samsung e Huawei.

Considerando que ambos os novos processadores são fabricados com uma litografia de 5nm, seria de esperar que a sua performance fosse consideravelmente superior. No entanto, vemos que os resultados alcançados pelo Exynos 1080 e o Kirin 9000 não são assim tão superiores como seria esperado.

Outro dos fatores que poderá ditar um crescimento ainda maior da MediaTek é o facto de que os seus processadores são consideravelmente mais baratos que os da Qualcomm. Assim, oferecendo melhores preços e melhor performance, é fácil perceber porque vemos cada vez mais fabricantes realizarem a transição.

Editores 4gnews recomendam:

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.