MediaTek está a desenvolver novo processador que vai revolucionar os gama média

Carlos Oliveira
Comentar

Nos últimos anos, a MediaTek tem lutado para afastar o preconceito que ainda existe sobre os seus processadores. A linha Dimensity tem conduzido esse movimento, ao apresentar processadores com excelentes resultados nas populares plataformas de benchmarks.

No próximo ano, a empresa asiática promete trazer esse desempenho para os seus processadores de gama média. Segundo o que revela Digital Chat Station, este novo SoC intermediário tem um desempenho equiparável a alguns topos de gama deste ano.

Novo processador da MediaTek supera os 600 mil pontos na AnTuTu

De acordo com o que esta a avançar esta conhecida fonte, o novo processador da MediaTek bateu os 600 mil pontos na plataforma AnTuTu. Para teres uma ideia do que aqui estamos a falar, esta é a pontuação que o Snapdragon 865 tem conseguido na mesma plataforma.

MediaTek

Ou seja, se aquilo que está a ser avançado se confirmar, a MediaTek prepara um processador de gama média com desempenho de topo de gama. E o mais interessante de tudo é que este SoC deverá chegar ao mercado em smartphones a rondar os 300€.

Esta conjugação de preço e desempenho promete colocar os gama média do próximo ano num patamar nunca visto. Isso poderá colocar a MediaTek novamente na ribalta e ser finalmente um sério concorrente ao domínio que a Qualcomm tem atualmente no mercado.

MediaTek mt689x será construído na litografia de 6nm

Por enquanto, este promissor processador da MediaTek é apenas conhecido como mt689x. Segundo o que se sabe, ele será construído na litografia de 6nm e será constituído por oito núcleos de processamento.

Segundo Digital Chat Station, este mt689x será internamente semelhante ao Exynos 1080. Estamos a falar em quatro núcleos a correr a 2GHz, três a 2.7GHz e um mais potente com uma frequência de 2.8GHz. Já o processamento gráfico ficará ao encargo da GPU Mali G77.

Ainda não sabemos quando é que a MediaTek irá revelar este seu promissor processador de gama média. Se tudo aquilo que aqui é mencionado se confirmar, estamos prestes a ver uma revolução profunda nos smartphones intermediários.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.