Mark Zuckerberg aparenta ter "buraco" de emergência no seu escritório

António Guimarães

É caricato que um CEO da uma empresa de tecnologia tenha de se preocupar com segurança à semelhança de um político ou diplomata. Contudo, no mundo onde vivemos é uma situação normal.

Posto isto, Mark Zuckerberg está sempre constantemente sob proteção, o que é normal dado o seu nível de influência no mundo. É estimado que o Facebook gastou cerca de 7 milhões de dólares para proteger o CEO.

mark zuckerberg

Estes custos provém principalmente dos seguranças privados colocados na sua casa e que o acompanham durante as viagens. Afinal, nunca se sabe quando pode aparecer um lunático anti-redes sociais.

O sistema de segurança de Mark Zuckerberg pode conter uma "Bat Cave"

Recentemente o BusinessInsider entrevistou pessoas relacionadas com a equipa de segurança do CEO e alguns detalhes mais invulgares foram revelados.

Certamente o detalhe mais caricato é o rumor de um "buraco" no escritório de Zuckerberg designado para que ele possa escapar numa emergência. Isto à semelhança de uma saída secreta, estilo caverna do Batman.

Uma das fontes afirmou que certo dia a equipa teve uma reunião de briefing sobre uma saída secreta que iria do chão da sala de conferências ao parque de estacionamento. Outros negaram ter conhecimento da mesma.

Adicionalmente, umas das regras de segurança é que não é permitido a ninguém estacionar por baixo do escritório de Zuckerberg. A justificação é que um carro com explosivos pode ser lá posicionado.

batman slide

Outro detalhe invulgar é a indumentária de alguns dos seguranças do CEO do Facebook. Foi relatado que alguns deles se vestem e fazem-se passar por engenheiros informáticos de forma a passarem despercebidos.

Em suma, podemos facilmente considerar isto um exagero. No entanto, a verdade é que o jovem CEO recebe ameaças à sua integridade física semanalmente, seja por que meios for.

Sendo assim, estes detalhes de segurança podem parecer excessivos mas apenas refletem o mundo onde vivemos. Por mais que o Facebook nos irrite como plataforma, não é razão para agredir o seu CEO.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.