yahoo1

Está a começar a tornar-se um vício escrever notícias sobre a Yahoo pelas piores razões. Desta vez, não foram 500 milhões de utilizadores mas sim mil milhões aqueles que poderão ter dados seus em mãos alheias face a mais uma falha da empresa.

Deste modo, e remontando a agosto de 2013, a Yahoo foi alvo de um ataque informático que afetou grande parte dos utilizadores da gigante norte-americana. Embora a Yahoo indique que o que se passou desta vez nada teve a ver com o que tinha acontecido anteriormente, nada é assim tão linear. O cenário é, de todo, pouco animador e passwords, e-mails, fotografias e outras informações (de mil milhões de pessoas) estão agora sob a posse de quem não pertencem.

   

yahoo-feature

A Yahoo referiu ainda que as informações bancárias dos seus utilizadores estão seguras e que – para aqueles que terão sido afetados -, serão notificados o mais brevemente possível. Porém, como é óbvio, há informações tão ou mais importantes que os dados bancários dos seus utilizadores, pelo que não parece haver algo de bom nesta notícia.

Sem dúvida que a Yahoo não está a passar pelos seus melhores dias e que o ano de 2016 foi catastrófico para a empresa. Para além disso, devido a estes incidentes, o valor da empresa tem-se reduzido e, já esta quarta-feira, devido a este ataque, o valor da mesma em bolsa teve uma queda significativa. Veremos, daqui para a frente, o que acontecerá à empresa norte-americana.

Talvez queiras ver:

Android Things: o sistema operativo da Google para a Internet das Coisas

Alcatel Idol 4S com Windows 10 chegará à Europa

Zuk Edge poderá ser apresentado no dia 20 de dezembro. Será desta?

ViaCNN Money
Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.