Mac Pro com novo chip Apple Silicon? Este é o seu (possível) aspeto!

Rui Bacelar
Comentar

A Apple partilhou publicamente a sua intenção de realizar a conferência Worldwide Developer Conference (WWDC) 2021 entre os dias 7 a 11 de junho. Aí veremos os próximos projetos da tecnológica e, quiçá, o novo computador Mac Pro com Apple Silicon.

Ainda que a conferência seja tradicionalmente dedicada ao software, às novidades para os diversos sistemas operativos e plataformas de Cupertino, certo é que também podemos ficar a conhecer novos produtos como processadores, e até computadores.

A WWDC 2021 arranca no próximo dia 7 de junho

Mac Pro Apple Silicon
Aspeto sugerido para o computador de próxima geração. Crédito: svetapple

A conferência será maioritariamente virtual, fruto das restrições impostas pela pandemia de COVID-19 que continua a assolar o mundo. Ainda assim, a empresa deverá apresentar várias novidades desde o software a, possivelmente, novo hardware.

Com efeito, atendendo aos rumores, a empresa de Cupertino deverá demonstrar as capacidades de um novo Apple Silicon. Isto é, um novo processador desenvolvido pela tecnológica norte-americana. O seu nome continua omisso, podendo oscilar entre M1x ou M2.

Para além da nova geração de processadores Apple, a empresa pode revelar o novo Mac Pro, o computador apontado para os mais exigentes. Será, não só uma afirmação de design, como a primeira plataforma para o novo chip baseado na arquitetura ARM64.

Face a estes rumores, surgem agora várias imagens conceituais que nos mostram um possível novo Mac Pro. Mais compacto, mas com o design caraterístico, uma criação da publicação svetapple.

O possível aspeto do Mac Pro com processador Apple

Apple Mac Pro
Aspeto sugerido para o computador de próxima geração. Crédito: svetapple

As imagens criadas digitalmente (renders) mostram-nos uma torre muito compacta, mas com os elementos tradicionais. Esta redução de tamanho deve à utilização da plataforma ARM, permitindo compactar significativamente o tamanho de vários componentes.

Desse modo, dotado de uma nova arquitetura, também o Mac Pro seria muito reduzido. As imagens mostra-nos uma representação daquilo que é possível fazer com os novos processadores e componentes agora que a Apple se desvinculou da Intel.

O resultado seria um computador avançado que ocuparia cerca de metade da versão atual. Mesmo assim manteria a qualidade de construção, portas e conetividades principais, além de usufruir dos avanços no desempenho.

Mais poder, menor tamanho.

Apple Mac Pro
Aspeto sugerido para o computador de próxima geração. Crédito: svetapple

Com o MacBook Pro e Air a serem os primeiros a adotar o primeiro Apple SIlicon, a fabricante veio introduzir um novo padrão de qualidade, desempenho, ao mesmo tempo que reduziu o tamanho dos componentes.

Em seguida vimos esta mesma fórmula a ser aplicada aos Mac mini e ao novo iMac. Agora, podemos ter no Mac Pro a apresentação de um novo formato que conjuge maior poder de processamento, maior eficiência energética e uma compactação geral.

Tudo leva a crer que o novo Apple Silicon seja um processador de segunda geração, restando conhecer os exatos moldes desse processador. Aliás, podemos ter uma versão melhorada do atual M1, um possível M1x, ou então um novo processador, o M2.

Aguardamos pelo novo Apple Silicon, o M1x ou M2

Apple Mac Pro
Aspeto sugerido para o computador de próxima geração. Crédito: svetapple

O conceito mostra-nos uma caixa familiar em materiais e recortes para ventilação. Ao manter a linguagem de design honraria e daria seguimento aos computadores atuais, mantendo também a presença de várias portas de fácil acesso.

Com efeito, a conetividade estaria aqui garantida pelas duas portas Thunderbolt 3, portas USB do tipo C e, por fim, um mecanismo conveniente para remover o topo da caixa em alumínio.

Esta tese também é defendida pelo leaker Jon Prosser. O prolífero informador acredita que o Mac Pro será fisicamente comparável ao Mac mini, com ambos os computadores a ocuparem pouco espaço.

Apple Mac Pro
Aspeto sugerido para o computador de próxima geração. Crédito: svetapple

Aguardamos agora pelo início da WWDC 2021, ou por novas fugas de informação, para aclarar as dúvidas remanescentes. Até lá, podemos contemplar este conceito deveras realista.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.