comscore comscore
Home Gadgets

Louis Vuitton revela smartwatch com WearOS da Google que custa 2500€

Ter um smartwatch no pulso já não é propriamente para nerds. Ainda que o WearOS da Google não esteja tão evoluído quando o WatchOS da Apple, temos de admitir que o facto de ser um software “livre” faz com que seja mais apetecível.

Assim sendo, fabricantes como a LG, TickWatch, Huawei ou até Fossil olham para este mercado de forma mais séria. O Apple Watch provou que este é um mercado em crescimento. Só precisa de mostrar que é um produto de fashion e não mais uma geringonça para o pulso.

Louis Vuitton revela smartwatch com WearOS da Google que custa 2500€

Certamente por isso é que a Louis Vuitton decidiu também entrar no negócio. O seu mais recente smartwatch é de qualidade, porém, o preço de 2500€ ($2,800) não é para qualquer carteira.

Louis Vuitton olha para o mercado de smartwatch com o sistema WearOS da Google

O smartwatch da Louis Vuitton conta com um ecrã com 1.2″ polegadas AMOLED, é construído de aluminium e cerâmica e tem NFC. Conta ainda com 8GB de memória interna, 1GB de RAM e uma bateria de 300mAh que dará para um dia de utilização.

O mais importante deste relógio é ter também o mais recente processador Qualcomm Snapdragon Wear 3100. Um processador com uma eficiência bem superior ao antecessor. Este smartwatch é apenas o terceiro a chegar ao mercado com este chip.

O preço, como referi, é que não é dos melhores. Ter um smartwatch destes não será para qualquer bolso. Contudo, temos de ter em conta que aqui estamos apenas a pagar a marca. Consegues um smartwatch da Fossil com especificações idênticas por pouco mais de 250€. Ou seja, o nome “Louis Vuitton” tem o seu peso.

É muito provável que Portugal venha a receber este novo relógio da marca. Todavia, não será fácil para o “normal” português, ter um destes no pulso.

Editores 4gnews recomendam:

Honor não acredita que o smartphone dobrável é o futuro

Vivo Apex 2019 e Meizu Zero são os telemóveis do futuro

Google: Android Q terá gravação de ecrã e ‘atalho de emergência’

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.