iris

A LG apresentou o LG G4 há bem pouco tempo, o terminal que teve mistas reações e começa a sair no mercado e já se fala do seu sucessor. O LG G4 embora tenha uma bateria de 3000mAh e tampa traseira removível foi questionado o facto de porque é que a LG não embarcou um leitor de impressões digitais no smartphone, visto que a maior parte da sua concorrência já joga nessa liga.

Certamente porque a LG está a olhar para o futuro e acredite que o leitor de impressões digitais é algo banal por isso vão mais além com o Iris Scanner.

   

Tivemos a oportunidade de testar este scanner na MWC em Barcelona com a ZTE e com a Fujitsu (vídeos mais abaixo) e com isto ver que embora uma tecnologia atrevida continua numa fase muito embrionária.

Segundo um último rumor a LG está a trabalhar com uma empresa Coreana para integrar esta nova tecnologia no seu futuro flagship. Os mesmos  rumores indicam ainda que o projecto já está em fase terminal no que toca ao seu aspecto físico e integração com o smartphone, mas que os trabalhos de melhoramento de software continuam e que novos algoritmos conseguirão fazer o desbloqueio possível a 50cm de distância.

Embora seja uma tecnologia avançada e ultimamente temos visto a tecnologia a fazer coisas brilhantes, desde smartphones com projectores até este tipo de sensores volto a tocar num ponto que pouca gente pensa, já não chega todos os meus dados, data e impressões digitais a quem é que vou estar a dar os meus dados de iris?

Talvez queiras ver: