iPhone 12 alcança proeza que só o iPhone 6 havia conseguido

Carlos Oliveira
Comentar

Lançados em outubro do ano passado, os iPhone 12 estão já estabelecidos como uma das gerações de smartphones mais populares da Apple. O número de vendas alcançado pelos quatro novos modelos estabeleceu novos recordes para a empresa de Cupertino.

Agora, sensivelmente sete meses depois da sua estreia no mercado, esta linha de equipamentos estabelece um novo marco. De acordo com os dados da agência Counterpoint Research, a linha iPhone 12 já ultrapassou o marco das 100 milhões de unidades vendidas.

iPhone 12 iguala o super-ciclo do iPhone 6

A cifra agora alcançada pelos iPhone 12 não é inédita para este género de produtos da Apple, sendo o principal dado a reter o tempo de que necessitaram para a alcançar. Os últimos modelos a registar o mesmo desempenho foram os iPhone 6, lançados em 2014.

iPhone 12

Esta fora a última família de smartphones da Apple a superar a barreira dos 100 milhões de exemplares vendidos em apenas sete meses. O tão famoso super-ciclo que as empresas almejam alcançar, consistindo num período excecional de elevada procura por um produto.

Por comparação, os iPhone 11 necessitaram de mais dois meses de vendas para superar a barreira dos 100 milhões de exemplares. Uma demonstração clara da popularidade que os novos iPhone 12 assumiram entre os consumidores e fãs da Apple.

A fonte sustenta esta procura acima da média em três vetores: novo design, vários tamanhos e conectividade 5G. Foram estas as principais novidades dos iPhone 12 que justificaram estes níveis de procura.

iPhone 12 Pro Max continua a ser o mais popular

A Counterpoint Reasearch aponta ainda qual é o modelo mais popular entre os quatro integrantes da linha iPhone 12. Com efeito, é no modelo mais caro, o iPhone 12 Pro Max, que repousa o maior desejo dos consumidores.

Já anteriormente havia sido apontado que o iPhone 12 Pro Max era o mais procurado na nova linha de dispositivos móveis da Apple. Uma tendência que se manteve, contabilizando 40% das vendas registadas até abril só nos EUA.

Quando comparado com o modelo que o antecedeu (iPhone 11 Pro Max), o novo topo de gama da Apple superou em 4% as vendas por ele registadas. Esta é também uma das razões que motivou o aumento nos lucros gerados por esta linha de produtos.

Importa, por fim, clarificar que a Apple nunca divulga números exatos das vendas dos seus produtos. Nesse sentido, são relatórios como este que nos dão a melhor visão possível do desempenho dos produtos da marca no mercado.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.