Inteligência Artificial cria faces falsas e as possibilidades são infinitas

António Guimarães

Um engenheiro da Uber criou um site que te mostra uma cara nova sempre que entras. São caras de estranhos mas tem uma particularidade: são imaginários.

Portanto, o site ThisPersonDoesNotExist.com utiliza inteligência artificial para gerar faces. Faces que não existem em lado nenhum, criadas aleatoriamente.

Phillip Wang é um engenheiro de software na Uber. Nesse sentido, Wang utilizou pesquisas feitas pela Nvidia para criar estes falsos retratos.

Cada vez que refrescas a página, uma nova face olha-te nos olhos

Primeiramente, vamos ver óbvios. A inteligência artificial não tem capacidade de gerar traços faciais do nada. A mesma funciona com um algoritmo que baseia num conjunto de imagens reais.

Em segundo lugar, a inteligência utiliza as chamadas GAN (Generative Adversarial Networks) ou "redes geradoras de adversários" para fabricar novos exemplos. Este é um bom exemplo de como as inteligências artificiais serão eficientes a reconhecer caras.

Esta tecnologia foi desenvolvida por Ian Goodfellow. De seguida, a Nvidia fez a sua abordagem com o nome StyleGAN, com código open source. Esta versão específica é treinada para gerar faces humanas. Contudo, pode copiar qualquer fonte, em teoria. Investigadores já começaram a utilizar a inteligência artificial em personagens de anime e graffitis.

The StyleGAN anime face interpolations are solid:- https://t.co/JtzWaQ1rLT- https://t.co/dl5AqXYqlc- https://t.co/FaldMdAbyQ pic.twitter.com/7T7hoCDXMg

— 𝔊𝔴𝔢𝔯𝔫 (@gwern) 12 de fevereiro de 2019

Nesse sentido, este tipo de algoritmos pode trazer grandes avanços em várias aplicações. Programadores podem utilizá-lo para gerar mundos virtuais em jogos. Designers e ilustradores teriam o seu trabalho facilitado ao criar e demonstrar conceitos.

Voltando às faces humanas, é claro que não são perfeitas. Essencialmente a inteligência pega em vários exemplos da sua base de dados e "cola" que nem um utilizador mediano de Photoshop.

Podemos inclusive reparar algumas áreas mais duvidosas onde a simetria da face é quebrada ou cercas "manchas". No entanto, e considerando que a máquina faz tudo sozinha é bastante impressionante.

Resumindo, as inteligências artificiais são a aposta actual da tecnologia para o futuro. Fabricantes já as incluem nos CPU e câmaras de smartphones, por exemplo. Resta-nos ver que mais tipo de aplicações terão.

Editores 4gnews recomendam:

Apex Legends – Jogo ganhará recurso presente no Fortnite

Microsoft – Dona Sarkar promete grandes novidades para Windows 10

Vídeo mostra-nos o pior smartphone que podes comprar!

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.