I-Fixed-MAC-Apple-Logo-Andriod-Wallpaper

A Apple tem vindo a ter grande sucesso neste mercado, sendo a empresa mais valiosa do mundo até há alguns meses, quando foi ultrapassada pela Google. Mas terá a Apple inventado alguma coisa para o conseguir? Para tentar responder a isto, veja este video.

   

Como é que a Apple consegue vender tanto os seus produtos, mesmo sabendo que são demasiado caros para o que realmente valem?

Bem, a resposta a essa questão é uma “Fan Base”sólida e completamente leal, pois todos os utilizadores de produtos da marca apenas compram o logótipo. 

aGV0e2G_700b

Uma prova para este argumento é o facto de que ainda o iPhone 6 não estava confirmado, nem se sabiam as suas especificações nem detalhes e semanas antes de ser anunciado já os”FanBoys” estavam a fazer fila à porta da iStore, de Nova York. Sendo o cúmulo, algumas pessoas pagavam 1000$, por lugares na fila para um produto do qual ainda nem tinham conhecimento.

Acontecimentos como este levam a criação de paródias como estas:

https://www.youtube.com/watch?v=JiBLTP0j6hI#t=34

Estes fãs estão presos a um ecossistema de dispositivos Apple e já não têm sequer em consideração as suas alternativas. Um óptimo exemplo para este argumento é o novo iPhone 6, em ambas as suas variantes. Para além do já referido em cima, facto de que estes fãs da marca esperam para comprar sem conhecer o produto, temos também o facto de que os seus “novos” dispositivos estão desactualizados na altura em que são lançados. Tal como nestes exemplos:

2014_1

a1ZdoG2_700b_v1

Graças a isto, a Apple pode lançar um modelo novo, e claro, os Fanboys vão comprá-lo, pois, na hora de ter em consideração se vale a pena o “upgrade” a resposta vai ser sim, pois vão dizer, “O meu smartphone está tão desactualizado”. Claro que está desactualizado, pois na altura em que o comprou já estava!

A marca apenas lança algo de novo quando já não cai nada da árvore que estavam a abanar à demasiado tempo. Um bom exemplo disto, foi o facto de que os usuários já anteriormente pretendiam um iPhone com ecrã maior, à data do lançamento do iPhone 5. ao que a resposta deles foi esta: (Má jogada…visto que agora tiveram de ceder as exigências dos consumidores).

Na minha opinião, um topo de gama de uma marca que custe 999$, com um ecrã de 5.5” no mercado actual, tem de ter ecrã QHD e não 1080p FHD,  uma câmara de 16 a 20 MP e não 8 MP, e ainda sobrava dinheiro. Por este preço é bom que tire cafés. Estes preços só são “aceitáveis” no mercado actual pois todos os “iDiots” não consideram sequer as suas alternativas. Estas especificações apenas fariam sentido se o preço fosse competitivo.

Mas agora passemos ao novo produto, o Apple Watch. Como deve saber, se é nosso leitor, os Smartwatches estão aqui e vieram para ficar. 

A abordagem da Apple para poder entrar neste mercado de rápida ascensão não foi das melhores na minha opinião, mas tenho de lhes dar o crédito de que em termos de personalização, muitos irão gostar de poder alterar as braceletes do relógio com tamanha facilidade, mas por outro lado o UI do dispositivo é desorganizado e confuso e tem muito por onde melhorar, mas apesar de, na minha opinião, não ser um bom produto, já se sabe que irá ser bastante vendido, pois para um iPhone User a única outra opção compatível com os seus dispositivos é o Pebble Smartwatch que, vamos ser francos, já está mais do que desactualizado neste momento. Como se isto já não bastasse, a marca apenas tornou o Apple Watch compatível com modelos do iPhone 5 ou superior o que para alguém que ainda não tenha associado são todos os modelos que se encontram para venda neste momento, deixando donos de modelos inferiores a ter de efectuar uma actualização de dispositivo desnecessária.

Outra “inovação” que a marca apresentou no evento foi a Apple Pay ( foi uma oportunidade perdida para chamar ao serviço iPay pois o consumidor é que paga e não é pouco). Uma carteira virtual desenvolvida pela marca que segundo dito é algo inovador, mas quando isto foi dito devem ter se esquecido de que pagamentos por NFC são uma tecnologia encontrada em dispositivos Android. Mas claro, a tecnologia existe à muitos anos mas agora é que as marcas de grande superfície decidiram finalmente implementar este método de pagamento nos seus estabelecimentos até ao final do ano, o que fará com que o público menos informado pence que foi invenção da marca.

Mas resumindo, a marca lança produtos desactualizados, fazendo com que o consumidor sinta a necessidade de  comprar o próximo modelo e pede preços exagerados pelos produtos. E uma vez que os clientes se encontram num ecossistema da marca não ponderam sequer melhores alternativas.

Será que este ciclo vicioso de consumismo irá parar?

Mais uma vez volto a dizer este é apenas o meu ponto de vista e adorava saber o vosso ponto de vista e saber se concordam comigo, digam algo nos comentários.

Deixa o teu comentário em baixo, um Like na página do Facebook  e Subscreva o canal no Youtube .

Aplicação para Android 4Gnews.pt
Windows Phone  4Gnews.pt 8 e 8.1

Apaixonado por Tecnologia e já há algum tempo com interesse pelo mundo mobile, mais precisamente desde o meu 1º android (Xperia X8, em que comecei por he alterar as ROM's), e depois disso apercebi-me que o que começou por um simples interesse / curiosidade virou paixão :)