Huawei fabrica smartphones sem componentes americanos. Mate 30 Pro é o primeiro

Bruno Coelho
Comentar

Segundo avança o The Wall Street Journal, a Huawei já está plenamente capacitada a fabricar smartphones sem qualquer componente americano. O primeiro grande exemplo disso mesmo é o Mate 30 Pro.

Lançado em setembro, o smartphone com aquelas que são consideradas das melhores câmaras do mercado, não tem qualquer componente oriundo dos Estados Unidos. Isto segundo uma analise da UBS e da Fomalhaut Techno Solutions.

Huawei Mate 30 Pro
Huawei Mate 30 Pro não tem qualquer componente americano

Um exemplo dessa mudança são os amplificadores de áudio. Antigamente eram fornecidos pela americana Cirrus Logic, chegando para o Mate 30 Pro da empresa holandesa NXP.

Se as peças de Bluetooth e Wi-fi pertenciam à Broadcom, agora a Huawei confia no fabrico caseiro. Esta prática faz com a que a empresa coloque de lado gigantes como a Intel, a Broadcom ou a Qualcomm.

Huawei prefere componentes americanos

Apesar de tudo, a Huawei continua a preferir os componentes americanos. Há uma “clara preferência para continuar a integrar e comprar componentes de fornecedores parceiros dos Estados Unidos”, revelou uma fonte ao WSJ.

Como seria de esperar, sendo impossível usar estes componentes por imposição do executivo de Donald Trump, a Huawei não terá outra hipótese. Terá de continuar a procurar parceiros fora dos Estados Unidos.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.