Huawei reage à comparação entre Harmony OS e o Android

Carlos Oliveira
Comentar

O Harmony OS viu o seu desenvolvimento acelerado após a Huawei ter sido impedida de aceder à totalidade do Android. O primeiro almeja ser uma alternativa totalmente nova ao sistema operativo da Google, porém, o mercado começa a desconfiar.

Após as acusações de que o Harmony OS não passa de uma cópia do Android, a Huawei já reagiu à polémica. A chinesa enviou à PhoneArena uma declaração onde pretende esclarecer a polémica levantada recentemente.

Huawei nega que o Harmony OS seja uma cópia do Android

A Huawei foi recentemente acusada de alguma preguiça no desenvolvimento do Harmony OS, com este a herdar muitos traços característicos da EMIU. Esta última é a interface que a tecnológica chinesa sobrepõe ao Android em todos os seus smartphones.

Harmony OS

Perante estas conclusões, a Huawei viu necessidade de esclarecer a temática. No texto enviado à publicação americana, podemos ler: "Embora certos elementos da UI do EMUI 11 sejam mantidos na atual versão beta de programador, o HarmonyOS será lançado com uma IU totalmente nova com os próximos smartphones Huawei".

Indo mais longe, a Huawei afirma: "Construído com a tecnologia distribuída da Huawei, o HarmonyOS é um sistema operativo totalmente novo, projetado exclusivamente em torno das novas necessidades de um futuro em que dispositivos IoT distintos estão interconectados".

Em suma, esta são declarações algo evasivas, mas com o sentido subjacente de se demarcar das acusações de que terá copiado o Android. Isso pode ser notado quando ela menciona que o Harmony OS é um sistema operativo totalmente novo e que contará com um design diferente do da EMUI 11.

A verdade é que as conclusões retiradas pela Ars Tecnica, e que demos a conhecer anteriormente, evidenciam inúmeras semelhantes entre ambos. A empresa reitera que o produto final será bem diferente, mas isso só o futuro poderá provar.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.