Huawei quer vender 120 milhões de smartphones em 2016

Rui Bacelar

Numa altura em que praticamente todas as grandes marcas estão a perder terreno para uma ou outra marca "branca", mais barata, a Huawei continua em bom ritmo de crescimento e está a construir um futuro promissor. Contudo, algumas fontes apontam que esta marca irá reduzir o seu objectivo de vendas para 2016 em cerca de 20 milhões de unidades.

Este assunto já tinha sido Huawei começa a fabricar o seu Sistema Operativo

Situação que não deixa de ser interessante, até porque a Huawei chegou onde está ao vender equipamentos geralmente mais baratos do que os seus concorrentes directos e com uma forte aposta no mercado de gama média e gama baixa, algo que tem vindo a mudar, até porque é no segmento de gama alta que as marcas têm uma maior margem de lucro e esse é sempre o ponto fulcral de qualquer empresa.

Uma empresa com fins lucrativos necessita de ter lucro como é evidente e de acordo com alguns dados da própria marca, a Huawei já vendeu mais de 2.9 milhões de unidades do seu Huawei P9 e P9 Plus, superando as vendas do modelo do ano passado em 130%.

Em suma, face à nova e compreensível política da Huawei em apostar cada vez mais no segmento de gama alta, a marca até pode acabar por vender menos equipamentos este ano do que as suas previsões iniciais apontavam mas não tenho dúvidas de que acabarão por obter um maior lucro e, muito sinceramente, os seus novos smartphones têm causado um excelente impacto, tanto no público como nos media.

Talvez queiras ver:

  • Huawei reduz objetivo de vendas para 2016 em 20 milhões de unidades
  • Google ensina-te a criar aplicações para Android
  • Xiaomi Mi5S virá com Force Touch e sensor de impressão digital da Qualcomm
Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.