Huawei poderá recorrer ao Sailfish OS para a sua alternativa ao Android

António Guimarães
Comentar

Criar um sistema operativo para telemóveis não é fácil. A Huawei está supostamente a fazer isso com o chamado 'ArkOS'. No entanto, a empresa chinesa pode querer tomar alguns atalhos, utilizando o Sailfish OS como base.

O Sailfish OS foi criado pela empresa finlandesa Jolla, em 2013. É uma distribuição Linux maioritariamente utilizada para dispositivos móveis. Atualmente, apenas um pequeno número de telemóveis é compatível com este sistema operativo, como os Sony Xperia X e XA2.

A Huawei pretende adquirir uma versão russa do Sailfish OS

De acordo com o jornal russo The Bell, um dos executivos da Huawei discutiu a hipótese da aquisição de uma versão do Sailfish OS desenvolvida na Rússia. Foi ainda menciona a hipótese da Huawei mover alguma da sua força de produção para a Rússia.

Tendo as suas relações com os Estados Unidos bastante azedas, a Huawei arrisca-se a prejudicar a sua reputação ao envolver-se com a Rússia. A China, Rússia e Estados Unidos tem um longo historial de conflitos ao longo da história.

O Sailfish OS é melhor que o Android em alguns aspectos

Apesar de serem ambos baseados em Linux (código livre), o Android possui software proprietário associado ao sistema. As aplicações da Google são um exemplo. No caso do Sailfish OS, qualquer programador pode pegar no código e alterá-lo a gosto.

A privacidade também é um foco bastante grande no Sailfish OS. O sistema operativo não recolhe dados nem os vende a terceiros sem o consentimento do utilizador.

Além disso, o Sailfish OS é compatível com aplicações Android, possui uma navegação baseada em gestos e multitasking semelhante ao que vemos no Android e iOS hoje em dia. No seguinte vídeo podes ver o sistema operativo em acção.

Assim sendo, a Huawei pode juntar o útil ao agradável, poupando imensos recursos. Devido à flexibilidade do Sailfish OS, a Huawei pode facilmente pegar na sua base e alterá-la como quiser, lançando posteriormente a sua criação sobre um novo nome.

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.