huaweimi
A Huawei está neste momento a usufruir dos frutos do Huawei Watch e do Nexus 6P, além de estar a desenvolver uma tecnologia interessante de carga rápida.

No entanto ainda estamos a aguardar um sucessor ao Huawei P8, o flagship lançado em Abril deste ano. Ao mesmo aguardamos também pelo Xiaomi Mi 5. Ambos terminais #chinaaopoder mas confesso estar mais interessado no Xiaomi Mi 5, quero ver que tipo de potencial vão colocar na mesa desta vez.

Ambos estes smartphones terão, provavelmente, ecrãs de 5.2 polegadas AMOLED com resoluções 2K ou 4K. Mas as semelhanças terminam no chipset. O Xiaomi Mi 5 vai ser alimentado pelo Snapdragon 820, o que se traduz num CPU quad-core com os cores Kryo da própria Qualcomm. O GPU Adreno 530 vai se ocupar dos gráficos. Já o Huawei P9 é dito que virá equipado com o processador natal da Huawei, o Kirin 950. Este chipset contém um CPU octa-core com o GPU Mali-T880MP4 (parece o exterminador). Ambos os terminais virão com pelo menos 3GB de RAM e com Android 6.0 já instalado.

   

Esta informação foi encontrada no site Weibo, dada por Pan Jiutang, director de pesquisas no Instituto de Pesquisa Electrónica de Shenzhen Huaqiang. Durante o verão, Jiutang disse que o Xiaomi Mi 5 deverá ser lançado no primeiro trimestre de 2016 pois a empresa aguarda as encomendas do Snapdragon 820 por parte da Qualcomm. É melhor que se despachem pois já passou mais de um ano desde o último flagship da Xiaomi e nos dias que correm, isso é muito tempo.

Talvez queiras ver: