Huawei Nova 5T chega à Europa com serviços Google! Há esperança para o Mate 30 Pro?

Vitor Urbano
Comentar

Apesar dos grandes problemas enfrentados pelo bloqueio dos Estados Unidos que obrigou a Huawei a lançar smartphones sem suporte para aplicações e serviços da Google, a fabricante tem uma última surpresa para os fãs na Europa.

O Huawei Nova 5T foi a última adição a esta popular linha de smartphones, tendo sido apresentado no passado mês de agosto na Malásia. De acordo com as mais recentes informações, a marca está a preparar a sua chegada à Europa, sendo a Alemanha o primeiro país a receber o smartphone. No entanto, o mais interessante é que este chegará com total certificação da Google, incluíndo as suas aplicações e serviços.

Huawei Nova 5T

Especificações do Huawei Nova 5T

  • Ecrã Full HD+ de 6,26" oikegadas com punch hole no canto superior esquerdo
  • Processador Kirin 980
  • 8GB de RAM
  • 128GB de memória interna
  • Quatro câmaras traseiras: 48MP (wide angle) + 16MP (ultrawide angle) + 2MP (macro) + 2MP (profundidade)
  • Câmara frontal de 32M megapixels
  • Leitor de impressão digital lateral
  • Bateria de 3,750mAh com suporte para carregamento rápido a 22,5W
  • Preço: €400 (estimado)

Huawei Mate 30 Pro

Será que ainda há esperança para que o Mate 30 Pro chegue com serviços Google?

Tendo como base a chegada do Huawei Nova 5T à Europa com serviços Google, não traz nenhuma esperança adicional para que o mesmo possa acontecer com o Mate 30 Pro. Muito provavelmente, o único motivo que possibilitou a certificação do Nova 5T foi o facto de ter sido apresentado em agosto, enquanto a Huawei tinha ainda autorização para realizar negócios com a Google.

No entanto, parece que há afinal esperanças para o Huawei Mate 30 Pro e os futuros smartphones da fabricante na Europa. De acordo com recentes informações, Donald Trump deu luz verde para que comecem a ser aceites as primeiras licenças especiais para a realização de negócios com a Huawei.

Ainda que não tenha sido confirmado se a Google irá, ou não, ser uma das empresas incluídas na primeira remessa de licenças aceites, é garantidamente uma possibilidade. Tal como a Huawei revelou anteriormente, caso isso aconteça, vão poder implementar os serviços/Apps da Google através de uma simples atualização OTA (over the air).

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.