Huawei nem na China consegue dominar! Rivais surpreendem e ficam com a prata e ouro

Vitor Urbano
1 comentário

Apesar dos pesados ataques dos Estados Unidos à Huawei, não é novidade que a fabricante chinesa continua a conseguir alcançar grande sucesso no seu próprio mercado, que continua a apresentar-se como o maior do mundo. No entanto, recentes informações publicadas pela Trustdata, revelam que a Huawei não conseguiu ir além da terceira posição durante o primeiro trimestre de 2020.

De acordo com os dados publicados pela Trustdata, atualmente a OPPO é quem domina na China, com uma quota de mercado de 21,4%, seguida pela Vivo com um total de 20,5%. Neste ranking, a Huawei teve de se contentar com a "medalha de bronze".

fabricantes china OPPO Vivo Huawei Honor

A fechar o TOP5 no maior mercado do mundo, temos a Xiaomi (10,3%) e a Apple (10,1%), que continuam a conseguir manter uma posição estável neste mercado, ainda que muito longe das três fabricantes mais populares.

Huawei sem a sua "arma secreta" não consegue manter o seu esmagador domínio

Ainda que este relatório coloque claramente a Huawei na terceira posição, existe um pequeno detalhe que marca toda a diferença. Habitualmente, a contabilização do número de vendas é feita unindo os números da Huawei e Honor, o que não acontece neste relatório da Trustdata.

Como podemos ver na imagem em cima, a Honor ocupa a 6ª posição, contabilizando 9,7% do mercado chinês. Assim sendo, caso os resultados das duas marcas fossem contabilizados em conjunto, a Huawei conseguiria ocupar a primeira posição com um total de 29,9%.

Ainda que a Honor não consiga sequer alcançar metade da quota de mercado da Huawei, continua a ser óbvio que os números de vendas da subsidiária continua a ser fulcrais no seu sucesso.

OPPO Huawei Xiaomi Apple China

Pandemia do COVID-19 vai continuar a "destruir" o mercado dos smartphones

A atual quarentena global colocada em prática devido à pandemia do COVID-19 está a ter efeitos devastadores em praticamente todos os setores da economia mundial, e o mundo dos smartphones não é exceção.

Um dos países mais afetados durante os primeiros meses do ano foi a China, onde o surto de Coronavírus teve início. Sendo o maior mercado do mundo, acaba por influenciar diretamente as tendências seguidas pelo resto dos mercados. De acordo com dados confirmados pela Trustdata, a venda de smartphones na China apresentou um decréscimo superior a 50% durante o mês de fevereiro.

Ainda que já se comece a ver indícios de uma possível recuperação, certamente que irão demorar vários meses até que os mercados consigam voltar à normalidade.

Editores 4gnews recomendam:

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.